:. Um brinde à (sobre)vida

:. Paga para ver?

:. Piada pronta

:. O anti-herói

:. Gringos fiéis

:. Autos de ponta a ponta

:. Câmbio altista

:. Cuidado com este rali (capítulo enésimo) —> exclusivo para o PRO

:. Algo que ninguém nunca viu —> exclusivo para o PRO

:. O que restou para Arteris —> exclusivo para o PRO

 

00:09 – Um brinde à (sobre)vida!

Principal notícia corporativa do dia, OGX enfim exerceu a opção que possuía de vender até US$ 1 bilhão em ações ao Eike ao preço de R$ 6,30 por ação. Bati bastante na questão, como um dever fiduciário da companhia – se você precisa de dinheiro como nunca e tem a possibilidade de se capitalizar sem diluição à base de acionistas, por que não fazê-lo?

Notícia inegavelmente positiva, mas que não garante a perpetuidade de OGX – longe disso. A entrada de US$ 1 bilhão é muito bem-vinda e dá sobrevida à petroleira, mas não soluciona o dilema de uma dívida da ordem de US$ 3,5 bi para uma companhia que não gera caixa. Sem contar o risco atrelado à put. Uma coisa é OGX exercê-la, outra coisa é o dinheiro entrar na conta.

 

00:88 – Paga para ver?

Setembro está sendo fantástico para o Ibovespa. Em cinco sessões, o índice acumula valorização de mais de 7% (!).
Você banca esse rali?
Então corra comprar OGX e Petro…

Dos 2,8% de alta do Ibovespa no momento que escrevo, 1,6% vão para a conta de OGXP3.

 

01:32 – Piada pronta

O que mudou do dia para a noite na Petrobras, para ela garantir o pregão positivo de ontem?
Segundo as manchetes, “novas versões dos rumores de reajuste nos combustíveis”.

Eu poderia parar por aqui, mas é impossível resistir. Deem uma olhada no outro trecho de matéria que li: “Embora o ministro Edison Lobão tenha dito nesta semana que o governo não cogita reajustar a gasolina neste momento, no entendimento do mercado “não” quer dizer “sim” “.

É mais ou menos isso que tento dizer para vocês quando falo em baixa credibilidade e falhas na comunicação do governo.

 

02:27 – O anti-herói

Se você não encontra alta credibilidade, previsibilidade de receitas e dividendos crescentes na Petrobras, e dificilmente encontra isso no Ibovespa como um todo, na série das Vacas Leiteiras de hoje ficou a cargo da Bia apontar quem une resiliência e crescimento como ninguém dentro do Ibovespa. É um contra-exemplo das X, das penny stocks e das Petro, e tende a ganhar um empurrão(zão) de fluxo a partir da iminente mudança de metodologia do índice. Não faz sentido uma empresa dessas, líquida e com valor de mercado de R$ 30 bilhões, representar uma fração pífia de 0,7% no principal índice da Bolsa brasileira. Queremos mais bons exemplos.

PS: Para quem gosta de ganhos consistentes e dividendos robustos, o pacote para assinatura do Vacas Leiteiras está no ar, dentre outros combos.

 

03:10 – Gringos fiéis

Você tem ideia de quantos cartões de fidelidade existem nos EUA?
A bagatela de dois bilhões de unidades, o equivalente a 18 cartões em média por domicílio.
Isso que eu chamo de cultura de fidelização. Por aqui, casos como Multiplus, Smiles e OPTe+ tentam se provar, ainda sob grande ceticismo do mercado de capitais e de potenciais parceiros. Segundo estimativa do Comitê de Loyalty e Fidelização, da Associação Brasileira de Marketing Direto (Abemd), o setor por aqui deverá seguir trajetória idêntica à verificada nos Estados Unidos.

Bom, se será idêntica eu não sei, mas estou certo que espaço para crescimento é o que não falta.

 

03:51 – Autos de ponta a ponta

De alhos a bugalhos, vocês viram que a Anfavea alterou suas projeções para o mercado automotivo em 2013?
Ou melhor, MUDOU com letras maiúsculas.
A estimativa para a produção dobrou, de 4,5% para 11,9%
A estimativa para as vendas foram reduzidas de 3,5% a 4,5% para o intervalo de 1% a 2%.

Pode ter efeito de exportações aí ou ajuste nos níveis de estoques, mas em algum momento essas duas pontas têm de se encontrar.
Geralmente, quem dá o tom é a ponta final.

 

04:16 – Câmbio altista

E nessa onda toda, ninguém mais lembra do dólar, que voltou a cair, agora abaixo de R$ 2,30. Distraído com os estralinhos do Bacen, o pessoal parece ter ignorado a mensagem da ata do Copom, indicando que o Bacen passou a trabalhar com um câmbio de referência de R$ 2,40. E nunca é demais lembrar que o efeito bazuca, de retirada dos estímulos pelo Fed, ainda nem começou de fato.

attachment.150350

05:02 – Cuidado com este rali (capítulo enésimo) —> exclusivo para o PRO

 

05:25 – Algo que ninguém nunca viu —> exclusivo para o PRO

 

O que restou para Arteris —> exclusivo para o PRO

Captura-de-Tela-2013-03-18-às-11.15.041