:. Resposta ao ofício/Esclarecimentos

:. Sem citar nomes, a primeira vez a gente nunca esquece

:. Eu posso ser uma metamorfose ambulante

:. A opção de ficar rico é só sua

:. Vapt-vupt

:. O Rei Leão dos fundos imobiliários

:. Um namoro de cinco dias

:. Eternamente

:. Selic a 10% ao ano, ou mais – exclusivo para os assinantes do M5M PRO

:. O resultado do Bradescão – exclusivo para os assinantes do M5M PRO

:. O mal é bom, e o bem cruel: o caso da Petro – exclusivo para os assinantes do M5M PRO

 

00:08 – Resposta ao ofício/Esclarecimentos

Em atenção a consulta da CVM, com referência à edição de sexta-feira (18) da newsletter diária Mercado em 5 Minutos, Felipe Abi-acl de Miranda esclarece que:

“De fato, tenho mãos peludas. Entretanto, felizmente, meus pelos restringem-se, apenas e tão somente, à parte externa das mãos. Essa característica difere completamente da apresentada por outras pessoas, cujo nome não revelarei por questão de elegância, para as quais os pelos encontram-se na palma. O motivo é desconhecido e não enseja necessidade de divulgação de Fato Relevante ou Comunicado ao Mercado. Manterei o mercado informado caso haja novas informações a respeito.”

 

00:37 – Sem citar nomes, a primeira vez a gente nunca esquece

Não queria citar o nome de ninguém, mas este é o primeiro M5M não escrito pelo Roberto Altenhofen – ele está viajando a trabalho. Pelo que entendi, o propósito aqui é narrar o comportamento do mercado em apenas cinco minutos.

Então, comecemos pelo óbvio. Ibovespa alternando altas e baixas, tentando se fixar no positivo. Dia de vencimento de opções, maior vol, sem muita referência externa – Wall Street espera uma série de balanços para a noite e aguarda divulgação do atrasado Employment Report amanhã (paralisação do governo americano impediu a publicação do documento na agenda pré-definida).

“Felipe, o que você acha da Bolsa, com o índice acima de 55 mil pontos?” Acho a Bolsa ótima. O problema mesmo são as empresas. Vejo mais espaço para o índice cair do que subir.

 

01:45 – Eu posso ser uma metamorfose ambulante

Eu poderia mudar de ideia se você me convencesse. Tente me apontar uma ação com participação relevante no índice que seja boa e barata.

Ok, Vale é uma, está certo. Quase ia me esquecendo…

Mais alguma? Eu não consigo ver. Poderia até concordar com Cyrela, mas não é propriamente tão barato. Recomendo compra mais por ser boa do que por ser barata. E não tem taaaaanto upside (algo entre 20% e 30%). Isso é bom, mas não se trata de uma verdadeira barganha.

 

2:25 – A opção de ficar rico é só sua

A forma mais trivial de se beneficiar da perspectiva de baixa das ações é o aluguel, claro. Mas você já reparou como as taxas estão, no geral, caras? O Stuhlberger falou sobre isso recentemente. E, de novo, ele – irritantemente – está certo.

Há uma alternativa simples e rentável de driblar o problema. Bolamos nossa Carteira de Opções para ficar Milionário desta semana justamente com esse viés negativo. Recheamos o portfólio com puts (opções de venda) para lucrarmos com esse prognóstico. Há também algumas calls (opções de compra) para surfar questões específicas; afinal, não podemos nos blindar à possibilidade de extensão do rali – veja: o Rodolfo, quem faz a carteira, é leão, e não urso.

O portfólio subiu 5% na semana passada e está preparado para dar continuidade ao bom momento. Quem assina este produto se expõe exatamente ao perfil de retorno que eu gosto: perde pouco no caso de estar errado, ganha muito em estando certo. Não há nada melhor.

 

3:09 – Vapt-vupt

O Rodolfo fez jus a seu signo – normalmente, ele não é assim – e tomou meu espaço tradicional de segunda-feira no Vida do Investidor, nossa outra newsletter diária. Como eu perdi minha interlocução com os leitores, uso este minuto para responder cinco perguntas que chegaram a meu email no final de semana:

- Você gosta da EZTEC? Olha, eu amo a EZTEC. O problema é que o mercado ama mais do que eu e levou esse grande amor às cotações.

- Prévias de incorporadoras andam bem fracas, não? Tem razão. E a Cyrela, que soltou primeiro e assustou um pouco, vai acabar sendo destaque positivo. Devolvo a pergunta: por que você acha que PDG não solta prévia?

- Acha que a Vinci vai entrar no capital da OGX? Cara, você leu isso: “no que se refere à OGX, este tipo de contato nem sequer se aproximou de algo que possa ser interpretado como uma negociação.”? Depois dessa, acho mais fácil o Palmeiras não subir…

- A Marina tem chances? Rapaz, eu namoro, desculpe.

- O que achou do guidance de Marfrig? Acho que eles têm todas as chances, inclusive, de superar a meta. Receita nunca foi problema para Marfrig. Aliás, nunca foi problema para os frigoríficos em geral. Eu queria mesmo era ver um guidance para geração de caixa…

 

4:00 – O Rei Leão dos fundos imobiliários

Dando uma pausa aqui no tópico ações, o BC Fund aumentou sua participação no Brazilian Financial Center para 100%, após a aquisição de 40% pelo FII Prime, um de seus controlados. A operação montou a R$ 250 milhões, com R$ 5 milhões pagos à vista e o restante em parcelas mensais por 12 anos, com correção de TR + 9,3% a.a..

Além disso, foi acertada a antecipação das obrigações dos 60% adquiridos anteriormente – que tinham uma taxa maior de pagamento e um prazo mais curto – num total à vista de R$ 155 milhões. A receita adicional mensal será de R$ 1,9 milhão, superior às parcelas, fornecendo salubridade à operação do BRCR e projeção de geração de caixa positiva no médio prazo. Continuamos gostando do Fundo, que paga yield da ordem de 8,5%.

Se você gostaria de outras ideias sobre fundos imobiliários, temos um relatório mais completo recém-tirado do forno. Hoje, tratamos dos fundos de incorporação, com um estudo de caso muito interessante. Você também pode assinar a série e levar uma porção de relatórios, gratuitamente, com atualizações periódicas.

 

4:32 – Um namoro de cinco dias

Eu vou estar por aqui, neste mesmo bat-canal, pelos próximos cinco dias. Queria fazer disso aqui uma convivência gostosa. Minha namorada está no Rio de Janeiro nesta semana e isso me dá mais espaço para flertar com vocês. Mande um email para mim com coisas que você gostaria de ler aqui no M5M. Vou ficar muito feliz em responder aqui – dentro do possível, claro. Um relacionamento é assim: a gente se gosta, troca ideias e faz o que pode.

 

4:55 – Eternamente

Deixo meus sinceros sentimentos pelo falecimento do Élio Martins, mais do que presidente da Eternit. Certamente, um dos grandes responsáveis por fazer da companhia algo tão bom.

 

Selic a 10% ao ano, ou mais – exclusivo para os assinantes do M5M PRO

 

O resultado do Bradescão – exclusivo para os assinantes do M5M PRO

 

O mal é bom, e o bem cruel: o caso da Petro – exclusivo para os assinantes do M5M PRO

 

felipe