Bomba estadual

Até quando a União vai tentar renegociar dívida com os estados?

Bomba estadual

A dívida dos estados com a União é quase como crédito de pai para filho.

Hoje uma matéria no Valor quase mela a renegociação da dívida dos estados e municípios.

Já perdemos as contas de quantas vezes tentaram renegociar essa dívida.

Os estados querem maior liquidez no curto prazo (lê-se: endividar-se mais) sem contrapartidas de redução de custos. A frase do deputado Afonso Florence (PT-BA) descreve a situação: “É melhor separar o projeto em dois, aprovar a renegociação das dívidas e discutir as contrapartidas depois em uma comissão especial”.

Tente falar essa frase para o gerente do seu banco “É melhor eu me endividar mais agora e depois discutimos como vou pagar”.

Por alguma coincidência, a razão entre dívida consolidada e a receita corrente líquida da Bahia, que vinha declinando, voltou a subir nos últimos anos.

 

dcrclba

Fonte: SISTN

 

Conteúdo relacionado