É cansaço ou falta de interesse?

As pessoas não gostam mesmo de ler ou os assuntos é que andam desinteressantes?

É cansaço ou falta de interesse?

♪ ♫♪   Eu desço dessa solidão

Espalho coisas sobre um chão de giz

Há meros devaneios tolos a me torturar

Fotografias recortadas em jornais de folhas, amiúde…

Eu vou te jogar num pano de guardar confetes ♪ ♫♪

Chão de Giz é incrível. A primeira vez que a gente escuta é impossível não se perguntar: WTF? Parece não fazer sentido nenhum! Depois de algumas (muitas) escutadas, vamos entendendo do que é que o Zé Ramalho está falando. Sempre que ouvia essa música, uma palavra se destacava: AMIÚDE. Ela ficava na minha cabeça, martelando. Resolvi olhar no dicionário. Amiúde significa “com frequência”. Simples, né? Ótimo, agora eu já sabia. Só que não. Toda vez que eu ouvia Chão de Giz, AMIÚDE me perseguia. Eu nunca conseguia me lembrar do significado dessa palavra. Por que isso acontece?

Fui professora de inglês por alguns anos, e quase todos os alunos reclamavam da mesma coisa. Não, eles não eram perseguidos pelo fantasma da palavra AMIÚDE, mas tinham dificuldades em aprender palavras novas. Pesquisas realizadas na década de 1990 indicam que uma pessoa precisa de 5 a 16 contatos diferentes com uma palavra para aprendê-la de fato. Não adianta ficar lendo e relendo no estilo decoreba. Para aprender de verdade é preciso ter contato com a palavra em contextos diferentes.

E o que isso tem a ver com criação de riqueza?

Bom, algumas pessoas reclamam da falta de tempo para ler; outras, reclamam do tamanho das newsletters do Criando Riqueza. Mas pense comigo, se para aprender uma palavra precisamos de tanto contato com ela, imagine para aprender diversos conceitos financeiros que não fazem parte do nosso dia a dia.

Parece trabalho demais? Acho que estar sempre sem dinheiro é mais trabalhoso. rsrsrs Quando nos interessamos de verdade por um assunto, mergulhamos nele. Muitos dos best-sellers da atualidade são gigantescos. Se somarmos todos os livros da série Harry Potter chegamos a mais de 3.500 páginas!

Além disso, quanto tempo você passa lendo bobagem no facebook? Não me leve a mal, adoro ler bobagens no facebook! Hehe… mas a vida não é feita só disso, né?

Como você imagina seu futuro? Quer ter autonomia para tomar suas próprias decisões financeiras? Ou prefere ficar à mercê do mercado? É uma questão de custo X benefício.

O que você deseja? O que está disposto a fazer para atingir seus objetivos?

Conteúdo relacionado