Um post para o futuro

Breve revisão de 13 anos de PT e promessas do PMDB

Um post para o futuro

Este post é apenas para lembrar onde estamos hoje, 13 anos após o primeiro mandato do PT, e o que devemos cobrar de Michel Temer.

 

Onde estamos hoje (último resultado disponível de cada indicador):

 

Variação do volume de vendas do comércio varejista (Ano/Ano): -5,7%

Variação do volume da Produção Industrial (Ano/Ano): -11,4%

Variação de volume de serviços (Ano/Ano): -4,0%

IPCA (Acumulado 12 meses): 9,28%

PIB (Crescimento acumulado em quatro trimestres): -3,8%

Taxa de desemprego 1T16: 10,9%

Índice de Confiança do Consumidor: 64,4 pontos (-10 pontos Ano/Ano)

Índice de Confiança da Indústria: 77,5 pontos (-0,4 pontos Ano/Ano)

Indicador de Intenção de Investimentos: 72,6 pontos (-28,2 pontos 1T16/1T15)

Resultado Primário do Governo Federal (acumulado 12 meses): déficit de R$ 136 bilhões

Dívida Bruta (%PIB): 67,3%

Selic: 14,25%

Ibovespa: 53 mil pontos

Dólar: R$ 3,44

Posição no Ranking de Easy of Doing Business: 116°

Posição no Ranking Mundial da Educação: 60°

Fontes: IBGE, BCB, FGV, OCDE, Banco Mundial e BM&F

 

O que devemos cobrar do novo governo? (retirado do texto “Uma Ponte Para o Futuro”)

 

– Equilíbrio Fiscal: superávit operacional, redução do endividamento, limitação de gastos, desvinculação de receitas, gasto transparente, reforma tributária

– Inflação na meta em 3 anos

– Política de desenvolvimento centrada na iniciativa privada (concessões)

– Inserção plena da economia brasileira no comércio internacional

– Avaliação contínua de políticas públicas

– Reformas na área trabalhista e previdenciária

 

Daqui um tempo voltamos neste post.

Conteúdo relacionado