Who cares about minoritário?

Controladores da Restoque parece que não... A Empiricus sim.

Who cares about minoritário?

Restoque é controlador de Le Lis Blac e Dudalina.

Troca de administração a cada happy hour.

Empresa quase impossível de ser contatada.

Mas teve uma trajetória interessante nos últimos meses.

Ao apresentar resultados ruins no 3T15 a empresa precisou renegociar debêntures e, assim, evitou quebra de covenants.

Consequentemente, depois disso a ação continuou perdendo valor de mercado (acumulando perda de 80% entre maio de 2015 e janeiro de 2016) e quando chegou no low, como se não houvesse amanhã, os controladores aumentaram suas participações.

Os resultados do 4T15, que serão divulgados no próximo dia 17/03 também devem ser ruins com estouro de covenants e um monte de dívida de curto prazo.

Dessa vez não deveria haver espaço para renegociar dívida com bancos (mas sim para estouro de covenants com debenturistas). Como será que a empresa poderá confortá-los então?

O Insider traz a conclusão: venda de ativos ou aumento de capital.

O controlador sai feliz, pois conseguirá aumentar capital (a um preço de subscrição menor ao valor intrínseco da ação) e os debenturistas também, pois talvez conseguirão hoje comprar dívida (a preço de estresse) de uma empresa que terminará bem mais capitalizada e indicadores de dívida bem melhores.

Quem sai triste? O minoritário diluído a um preço bem menor do que a cotação atual.

Conteúdo relacionado