Acordo da Petrobras encerra ação coletiva nos EUA

Compartilhe:

A Petrobras anunciou hoje que assinou acordo para encerrar uma ação coletiva em Nova York, nos Estados Unidos. A estatal aceitou pagar US$ 2,95 bilhões dividido em três parcelas aos que compraram as ações da empresa no mercado imobiliário americano. O acordo da Petrobras ainda depende da aprovação da Justiça americana.

Na ação, os investidores estrangeiros acusam a companhia de enganá-los para comprarem ações da estatal enquanto era montado um esquema de corrupção que levaria a desvalorização dos papéis da empresa. Mas, apesar do acordo, a Petrobras garante que o mesmo não é reconhecimento de culpa, uma vez que a companhia expressamente nega responsabilidade nos eventos revelados na Operação Lava-Jato.

Para a estatal, o acordo atende os melhores interesses da companhia e de seus acionistas tendo em vista o risco de um julgamento influenciado por um júri popular, as peculiaridades da legislação processual e de mercado de capitais norte-americana.

Conteúdo recomendado