Amazon negocia compra direta de fabricantes para revenda no Brasil

Compartilhe:

Em mais um passo para expansão das operações de comércio eletrônico no Brasil, a Amazon se reuniu com fabricantes de diversos produtos para anunciar que comprará diretamente as mercadorias e se responsabilizará pela armazenagem e entrega delas no país. Os participantes que desejarem integrar a futura venda direta têm até esta sexta-feira (09/03) para se cadastrar no sistema da empresa norte-americana.

De acordo com informações da Reuters, a ideia da Amazon é armazenar as mercadorias em uma instalação na Grande São Paulo. O local ainda não foi confirmado, mas especulasse que seja na cidade de Cajamar, onde a varejista transferiu, em fevereiro, suas operações logísticas. A empresa também informou que usará serviços de transporte e de call center próprios do Brasil.

 

Conteúdo recomendado