Bancos esperam um 2018 mais animador para carteira de crédito

Ainda nesta semana, o Santander Brasil dá o pontapé inicial nos resultados do quatro trimestre de 2017 dos bancos brasileiros. Na semana que vem, Itaú […]

Compartilhe:

Ainda nesta semana, o Santander Brasil dá o pontapé inicial nos resultados do quatro trimestre de 2017 dos bancos brasileiros. Na semana que vem, Itaú e Bradesco darão sequência à divulgação dos números do setor financeiro. Serão resultados que mostrarão crescimento de lucro próximo a 20% na comparação anual, principalmente em função da melhora da inadimplência, reversão de provisões e crescimento na receita com serviços.

O vetor negativo continuará sendo a expansão da carteira de crédito que em 2017 não mostrou sinais de retomada principalmente pela pessoa jurídica. Este será o grande desafio das instituições financeiras em 2018 diante de juros em patamares mais baixos da história.

Santander deve dar continuidade aos últimos resultados positivos com crescimento no crédito para pessoa física, bom controle de custos e expansão de ROE. Bradesco seguirá incorporando HSBC em seus números, revertendo provisões diante da melhora da inadimplência e mantendo ROE próximo a 20%.

A expectativa com Itaú é de um resultado com crescimento de lucro, menos provisões, melhora da inadimplência e sinais positivos vindo das operações na América Latina. É esperado um ROE próximo a 22%. Já o BB continuará mostrando evolução operacional e melhor rentabilidade. O management está focado na migração do ROE para mais próximo dos bancos concorrentes.

Conteúdo recomendado