Cade reprova venda da Ultragaz para a Liquigás

O tribunal do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômico) reprovou nesta quarta-feira (28/02) a venda Ultragaz para a Liquigás, subsidiária da Petrobras. A operação estimada […]

Compartilhe:

O tribunal do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômico) reprovou nesta quarta-feira (28/02) a venda Ultragaz para a Liquigás, subsidiária da Petrobras. A operação estimada em R$ 2,8 bilhões foi anunciada pela petroleira em novembro de 2016 e integra o programa de desinvestimentos da Petrobras.

No entendimento do Cade, o negócio representaria um sério risco concorrencial no mercado de gás de cozinha. Com a compra da Liquigás, a Ultragaz passaria a deter 45% do mercado nacional de gás de cozinha, com participação ainda maior em alguns estados.

Diante da decisão, a Petrobras informou que irá analisar alternativas imediatas para o desinvestimento da Liquigás conforme seu Plano Estratégico, que visa otimizar o portfólio de negócios, com foco em óleo e gás, saindo integralmente das atividades de distribuição de GLP. Por causa do veto, a estatal terá de pagar multa de R$ 280 mil para a Ultragaz.

 

Conteúdo recomendado