Cemig planeja passos para pagar dívidas de curto prazo

Compartilhe:

A Cemig iniciou seu road show para emitir US$ 1 bilhão em dívida no mercado externo, com vencimento de sete anos. A empresa já tentou a mesma emissão no passado, e recuou por achar a taxa exigida muito cara. Agora, tentará novamente achar uma brecha de demanda.

Se obtiver algum sucesso, seriam cerca de R$ 3,5 bilhões a mais para honrar suas dívidas de curto prazo. Até final de 2018, a empresa tinha cerca de R$ 7 bilhões de dívidas vencendo. Nesta terça-feira (21/11), foi anunciado a rolagem de R$ 4 bilhões, com bancos credores, para início de pagamento em 2019.

Embora isso não tire a necessidade da empresa se desalavancar no médio prazo, possivelmente com venda de ativos, certamente dá mais tempo para que ela possa trabalhar melhor essas vendas, além de se reestruturar operacionalmente.

Conteúdo recomendado