Cemig contabiliza prejuízo de R$ 83 milhões neste trimestre

Compartilhe:

Cemig apresentou resultado bem abaixo do consenso, impactado por não-recorrentes. A receita líquida cresceu 5%, contrariando o consenso que esperava queda. No entanto, poderia ter sido maior, não fosse a adesão ao plano de regularização de créditos tributários.

Essa adesão impactou os resultados em praticamente R$ 600 milhões e, aliado, ao aumento dos custos com energia elétrica comprada, por causa do baixo nível dos reservatórios, fez o EBITDA recuar 91%.

Apesar da melhora do resultado financeiro, com menor despesas com juros e reversão de provisões, os itens mencionados anteriormente levaram a companhia a um prejuízo de R$ 83 milhões, ante os R$ 433 milhões de lucro no mesmo período de 2016.

Conteúdo recomendado