Retomada do varejo ajuda Cielo a lucrar R$ 4,2 bilhões em 2017

A Cielo reportou seu resultado do quarto trimestre de 2017, após o encerramento do mercado nesta quinta-feira (01/02), mostrando bons números, principalmente no segmento de […]

Compartilhe:

A Cielo reportou seu resultado do quarto trimestre de 2017, após o encerramento do mercado nesta quinta-feira (01/02), mostrando bons números, principalmente no segmento de transações com cartão de crédito. Os volumes melhoraram significativamente como reflexo da retomada do varejo.

Em crédito, a empresa registrou um aumento de 9% na comparação anual, e ainda pode capturar um volume adicional mais à frente vindo da bandeira Amex e Hiper que ainda foram incipientes neste trimestre. O lucro no último trimestre de 2017 atingiu R$ 1,1 bilhão e ficou levemente acima das expectativas do mercado, melhorando o resultado final do ano – R$ 4,2 bilhões.

Esse melhor mix nos volumes (mais crédito que é mais rentável) compensaram a performance pior na receita com aluguel de POS que segue caindo mais de dois dígitos ao ano, em função da maior competição com a venda de maquininhas. A companhia mostrou ainda forte controle das despesas operacionais, conseguindo administrar bem seu Opex diante de um mercado mais competitivo.

Conteúdo recomendado