Investir em crédito privado é ser peru em ceia de Natal?

Compartilhe:

Existe a história de que o investidor de crédito privado, muitas vezes, é o peru na ceia de Natal. Começa feliz e termina se transformando na ceia. Porém, para a gestora da Captalys, Margot Greenman, o investidor só corre um grande risco de perdas se investir todo o capital em apenas uma única empresa. “O essencial para o mercado de crédito é a gestão de uma carteira”, explica.

Assim, o segredo estaria na diversificação. Ao montar uma carteira de crédito é preciso escolher múltiplas empresas entre estratégia de créditos e setores diferentes para evitar a concentração. Além disso, também é preciso realizar uma análise rigorosa das empresas selecionadas. “Aí, essa característica binária deixa de existir”, ressalta. A gestora ainda afirma que é preciso, antes de mais nada, saber o que está comprando.

Conteúdo recomendado