Crescimento da Bolsa será baseado em surpresas positivas

Compartilhe:

O crescimento da Bolsa foi favorecido graças a quedas consecutivas dos juros. E a expectativa dos economistas é que a taxa Selic chegue a 6% até o final deste ano. Para quem acredita que já perdeu a chance de ganhar com esse movimento, Mariana Dreux, gestora da Truxt Investimentos, afirma que ainda há tempo para se lançar ao risco e buscar as oportunidades da Bolsa.

“Estamos muito animadas com a Bolsa. Primeiro pela queda abrupta dos juros. Depois, pela queda da inflação, que fez com que a população tivesse um ganho real. Isso puxou o consumo e consequentemente o PIB”, analisa Mariana. A gestora lembra ainda que o país saiu de uma recessão de quase 8% e que neste ano deve registrar crescimento no PIB. “Na Truxt, acreditamos em 1% para este ano e de 3% para 2018”, finaliza.

Conteúdo recomendado