Vem aí um 2018 bem pigmentado para a Cristal Pigmentos (CRPG5)

Ontem, após o encerramento do pregão, a Cristal Pigmentos (CRPG5) divulgou os números para o último trimestre do ano. Os preços do Dióxido de Titânio […]

Compartilhe:

Ontem, após o encerramento do pregão, a Cristal Pigmentos (CRPG5) divulgou os números para o último trimestre do ano.

Os preços do Dióxido de Titânio (TiO2) – principal produto da companhia – se mantendo em patamares elevados compensaram a queda no volume de vendas fizeram com que Cristal entregasse um resultado 11% maior nesta linha de receita.

No campo dos minérios, o crescimento do volume de vendas em zirconita e ilmenita compensou a queda no preço das commodities e fez a receita líquida desta linha avançar 18% na comparação anual.

O resultado consolidado trouxe receita líquida avançando 17% por cento no ano e expansão de margem bruta em 12 pontos percentuais na mesma base de comparação.

Sem espaço para expandir suas instalações, Cristal Pigmentos foca em uma contínua otimização de processos e melhora operacional. O resultado foi um Ebitda 47% maior na comparação anual.

Conteúdo recomendado