CVC apresenta recordes atrás de recordes em 2017

Mais um trimestre e mais uma surpresa positiva. CVC não decepcionou e mais uma vez gerou belos resultados. Onde mais se encontra ROE (Retorno sobre […]

Compartilhe:

Mais um trimestre e mais uma surpresa positiva. CVC não decepcionou e mais uma vez gerou belos resultados. Onde mais se encontra ROE (Retorno sobre o Patrimônio Líquido) de 33%, crescimento resiliente, dívida reduzida e a 15x Ebitda? Tudo isso com um potencial enorme de tomar o mercado de turismo brasileiro. A CVC domina apenas 15% sem nenhum competidor a vista.

E o quarto trimestre do ano passado foi acima do esperado pelo mercado. Receita de 7%, Ebitda 11% e lucros 26%, na comparação com o mesmo período de 2016. Os números foram impulsionados pelo crescimento de 12% nas reservas confirmadas, 9% nas vendas mesmas lojas e mais 95 lojas em 2017 – a meta é 100 a cada 12 meses.

As despesas operacionais subiram apenas 7% e as despesas financeiras caíram 44%, fechando o trimestre com chave de ouro. Se o ano passado foi bom, 2018 começou muito melhor para CVC. Segundo a companhia foram recordes atrás de recordes de vendas nos primeiros dias do ano. E ainda temos as recém-adquiridas companhias que deverão ajudar nos resultados futuros.

Conteúdo recomendado