Dois cofundadores da criptomoeda Centra são presos por fraude em ICO

Reforçando a máxima: “quanto maior o marketing por trás de um ICO, maior é a chance de ele ser uma fraude”, dois dos fundadores da […]

Compartilhe:

Reforçando a máxima: “quanto maior o marketing por trás de um ICO, maior é a chance de ele ser uma fraude”, dois dos fundadores da centra foram presos. O ICO da moeda digital levantou 32 milhões de dólares e sua divulgação contou com o apoio de celebridades como o boxeador Floyd Mayweather, atleta melhor remunerado do mundo, e o rapper DJ Khaled. A equipe da centra prometia que seu token daria acesso a uma nova corretora e a um cartão de débito virtual, que trabalharia em conjunto com as redes da Visa e da Mastercard. A SEC (CVM dos Estados Unidos) disse em pronunciamento sobre o caso que o ativo nunca teve o aval das bandeiras citadas. Além disso, alguns dos executivos mencionados no site da moeda eram fictícios.

Conteúdo recomendado