Eneva apresenta lucro ajustado de R$ 107 milhões e reverte prejuízo de 2016

A Eneva reportou números acima do consenso de mercado para o quarto trimestre de 2017. Os altos despachos, devido ao baixo nível dos reservatórios, elevaram […]

Compartilhe:

A Eneva reportou números acima do consenso de mercado para o quarto trimestre de 2017. Os altos despachos, devido ao baixo nível dos reservatórios, elevaram a receita em 40% na comparação com o mesmo período de 2016.

Os níveis de disponibilidade também foram altos, mostrando eficiência operacional, e mesmo com os altos níveis de despachos e de produção de energia, as reservas de gás cresceram em 2017.

No segmento de geração a gás (R2W) os números só melhoram: maiores despachos fizeram o Ebitda crescer 60%. Mas o bom desempenho aqui continua sendo um pouco ofuscado pelo mau desempenho das unidades de geração a carvão. Segundo a companhia, as melhorias continuam sendo implementadas nessas unidades.

No final, o Ebitda ajustado cresceu 10%, e o lucro ajustado saltou para R$ 107 milhões revertendo assim um prejuízo de R$ 1,4 milhão no quarto trimestre de 2016. Isso ocorreu graças a queda no tamanho e no custo da dívida e por menores impostos pagos pela companhia.

Conteúdo recomendado