Mercados globais estão sob ameaça de uma guerra comercial iniciada pelos Estados Unidos

Começamos a assistir agora à transformação da retórica protecionista do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, em algo efetivamente material. Hoje, mercados globais enfrentam grande […]

Compartilhe:

Começamos a assistir agora à transformação da retórica protecionista do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, em algo efetivamente material. Hoje, mercados globais enfrentam grande aversão a risco, sob ameaça de uma guerra comercial iminente.

A hipótese aventada na véspera de que o aumento das tarifas sobre aço e alumínio era mera retórica para favorecer os EUA em futuros acordos comerciais foi afastada. Volta-se a discutir uma possível guerra comercial à frente, que obviamente poderia machucar o tal “crescimento sincronizado” dos países desenvolvidos e aumentar a instabilidade política global.

Leia a análise na íntegra no Day One, A Pós-História está prestes a começar.

Conteúdo recomendado