Fundos multimercados: come-cotas do varejo ao multimilionário

Se fundos de renda fixa e multimercados distribuídos no varejo pagam come-cotas, então ele também deve ser cobrado nos fundos multimilionários. Por esse ponto de […]

Compartilhe:

Se fundos de renda fixa e multimercados distribuídos no varejo pagam come-cotas, então ele também deve ser cobrado nos fundos multimilionários. Por esse ponto de vista, vejo com bons olhos a Medida Provisória publicada nesta segunda-feira (30/10) no Diário Oficial, que estende a antecipação de imposto aos fundos exclusivos fechados.

A partir da MP, o que muda, na prática, e que o dinheiro dos multimilionários deixa de ficar parado por anos sem pagar imposto. E assim o governo atende à sua necessidade imediata de arrecadação. No entanto, os primeiros rumores sobre a MP davam conta de que o come-cotas seria estendido a todos os fundos, mas passaria de semestral a anual, o que já seria melhor, porém não aconteceu. Mas nesse sentido, vejo a MP como potencialmente positiva para o investidor de varejo. Pode ser que agora surjam apoiadores de peso na luta contra o Pacman dos fundos. Não estamos mais sozinhos.

Leia mais em Come-cotas para todos, do varejo ao multimilionário.

Conteúdo recomendado