Alta do Ibovespa é reflexo da melhora do mercado global

Erra quem pensa que a alta do Ibovespa e valorização da moeda é uma idiossincrasia brasileira, por conta da perspectiva de crescimento local. O mundo […]

Compartilhe:

Erra quem pensa que a alta do Ibovespa e valorização da moeda é uma idiossincrasia brasileira, por conta da perspectiva de crescimento local. O mundo todo experimenta um rali em seus mercados e, comparado com outros emergentes, não somos das melhores economias.

Se olharmos a performance das moedas emergentes nos últimos três meses, veremos a Austrália com alta de 1,73%, a Rússia com 1,14%, a Índia com 1,83%, o México com 0,44%, e o Brasil na lanterninha com queda de 1,69%. Nas Bolsas, os países desenvolvidos e asiáticos dominam, com valorizações de 9% a 11% nos últimos três meses, enquanto acumulamos 4,76%.

No quadro econômico de expectativa de crescimento do PIB para o ano de 2018, também ficamos para trás, com 2,7%, enquanto os emergentes esperam 4,9%, a Europa emergente 3,5%, e a economia mundial 3,7%. Mas isso aqui não é uma competição. O crescimento mundial é um fator importante para impulsionar o crescimento local, e deve nos influenciar positivamente ao longo do ano.

Conteúdo recomendado