Indústria paulista deixa de andar para trás

A Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo) divulgou, nesta terça (10/10), os números da criação de emprego em setembro. A indústria paulista gerou 2 mil vagas, mostrando que parou de andar para trás. Por mais que a recuperação ocorra devagar e de forma não linear (…) vemos dados cada vez mais positivos ou menos negativos. Não à toa, a Bolsa tem renovado suas máximas a cada semana.

Vale sempre lembrar que, pensando sob uma ótica darwinista, quem está no jogo até agora não só sobreviveu à maior crise da história da economia brasileira – saiu mais forte dela, se valendo do que há de melhor do conceito de antifragilidade. Há bastante espaço, ainda, para Bolsa. Só é preciso saber escolher.

Conteúdo relacionado