Indústrias Romi (ROMI3): parada estratégica

Indústrias Romi (ROMI3) inaugurou a temporada de resultados do 1T18 com números aquém das expectativas do mercado. Os investidores esperavam a mesma toada dos resultados […]

Compartilhe:

Indústrias Romi (ROMI3) inaugurou a temporada de resultados do 1T18 com números aquém das expectativas do mercado.

Os investidores esperavam a mesma toada dos resultados positivos do 3T17 e 4T17, no entanto a companhia sentiu um início de ano mais brando em vendas, como vem sendo demonstrado pelos indicadores econômicos.

Apesar da confiança do empresário se manter crescente, os pedidos desaceleraram neste início de 2018 e acabou afetando as vendas da Romi, principalmente em fundidos e usinados de grande porte para a indústria eólica.

Com relação às vendas de máquinas, houve estabilidade na comparação anual. A recuperação econômica tem se mostrado mais lenta e gradual.

Com mudança no mix de vendas dos produtos e maior peso das exportações neste trimestre, a margem Ebitda ficou abaixo do esperado, em função de maiores despesas com comercialização.

 

Conteúdo recomendado