Expectativa de economistas para inflação de 2018 cai outra vez

Após os dados do IPCA de fevereiro da última sexta-feira (09/03), os economistas ouvidos pelo boletim Focus, divulgado hoje, revisaram para baixo suas expectavas para […]

Compartilhe:

Após os dados do IPCA de fevereiro da última sexta-feira (09/03), os economistas ouvidos pelo boletim Focus, divulgado hoje, revisaram para baixo suas expectavas para a inflação de 2018 de 3,70% para 3,67%, bem longe da meta do Banco Central de 4,5%. Além disso, as revisões de inflação mais baixa para este ano começam, pela primeira vez, a ser repassadas também para 2019 – o que deve acender o sinal amarelo no BC.

Junto com esse cenário benigno de inflação, as palavras do presidente do BC, Ilan Goldfajn, na semana passada, fomentam também alterações na expectativa da taxa Selic para 6,5% neste ano – movimento que o mercado já vem colocando nos preços há algum tempo. Enquanto isso, o crescimento do PIB foi levemente revisado para baixo de 2,90% na semana passada contra 2,87% nesta semana.

O BC segue em uma encruzilhada complicada: como ponderar entre inflação de curto prazo mais fraca e um crescimento mais forte à frente? Saberemos mais sobre a visão de Goldfajn e do comitê na semana que vem, quando o Copom se reúne para decidir a (nova) taxa de juros.

Conteúdo recomendado