Itaú apresenta guidance animador para 2018

Após o fechamento do mercado, o banco Itaú Unibanco divulgou o resultado do quarto trimestre de 2017. Os números foram consistentes em todas as linhas, […]

Compartilhe:

Após o fechamento do mercado, o banco Itaú Unibanco divulgou o resultado do quarto trimestre de 2017. Os números foram consistentes em todas as linhas, mas sem maiores surpresas. Com relação à carteira de crédito, o banco mostrou evolução principalmente no segmento pessoa física com o crescimento da carteira de veículos.

O banco manteve seus índices de inadimplência controlados com boa cobertura de provisões. A despesa com PDD (Provisão de Devedores Duvidosos) somada à queda da taxa Selic contribuíram para uma menor margem financeira no trimestre.

Receita com serviços e seguros mostraram boa expansão no trimestre e segue como uma linha com forte potencial para 2018. As despesas operacionais ficaram um pouco acima do esperado com aumento em pessoal e serviços de terceiros, piorando marginalmente o índice de eficiência.

Com lucro de R$ 6,3 bilhões no último trimestre do ano, o banco atingiu R$ 24,9 bilhões de lucro em 2017, um crescimento de 12,4% na comparação anual. Como resultado, o ROE do Itaú ficou em 21,8% no ano passado, sendo o maior entre os bancos brasileiros.

Itaú se mostrou otimista ao divulgar seu guidance para 2018. Com expansão da carteira de crédito e receita de serviços e reversão de provisões, o banco espera crescer próximo a 8% seu lucro líquido de 2018, mesmo em um cenário de Selic em patamares mínimos.

Conteúdo recomendado