PETR4 apresenta balanço que mostra que copo está meio cheio

Compartilhe:

A Petrobras (PETR4) apresentou resultados impactados por itens não recorrentes, provenientes de maior provisão para perdas e contingências com processos judiciais.
Operacionalmente, os resultados foram impactados por menores volumes, maior custo de produção e menores preços de derivados no mercado interno, mesmo com maiores preços do petróleo.

O segmento de distribuição foi o destaque positivo, mas não foi suficiente para segurar a queda do EBITDA da empresa, que recuou 15% na comparação anual. No entanto, se não fossem as provisões e itens não recorrentes o EBITDA teria vindo praticamente em linha com a expectativa do mercado.

A grande melhora veio dos itens não operacionais, com queda das despesas financeiras em relação ao trimestre anterior e gastos menores que o esperado com impostos, que fizeram a companhia alcançar lucro de R$ 260 milhões, contra prejuízo de R$ 16 bilhões no terceiro trimestre do ano passado.

Conteúdo recomendado