Raízen divulga queda de 40,5% em lucro líquido

A Raízen – joint venture entre Shell e Cosan – divulgou lucro líquido de R$ 612,6 milhões no quarto trimestre do ano safra 17/18, o […]

Compartilhe:

A Raízen – joint venture entre Shell e Cosan – divulgou lucro líquido de R$ 612,6 milhões no quarto trimestre do ano safra 17/18, o que significou queda de 40,5%. Do lado financeiro, a companhia contraiu mais dívidas – principalmente CRA e dívida em moeda estrangeira – e o endividamento líquido subiu 7%, fechando o trimestre em R$ 9,4 bilhões.

Analisando os dados operacionais da Raízen Energia, a companhia moeu mais cana (17% ano contra ano) por conta da maior disponibilidade de matéria-prima, mas teve produtividade mais fraca com queda de 4% na mesma base. Já na Raízen Combustíveis, o volume de gasolina ficou estável, enquanto diesel teve destaque positivo (9%).

No consolidado, o Ebitda ajustado caiu 2,1% para R$ 1,69 bilhão, refletindo os preços mais fracos de açúcar e etanol e o menor ganho oriundo da estratégia de suprimentos – lembrando que a base de comparação foi forte. Além da deterioração operacional dos dois negócios, a piora do resultado financeiro líquido, que mais do que dobrou no lado negativo, teve importante papel de vilã na redução do lucro líquido.

Conteúdo recomendado