Santander brilha e quase alcança rentabilidade dos bancos concorrentes

Compartilhe:

Pelo oitavo trimestre consecutivo, Santander reportou expansão de ROE (Retorno sobre o Patrimônio), que atingiu um nível bastante expressivo para o banco (17,1%). Neste trimestre, o banco mostrou que está conseguindo chegar em uma rentabilidade mais próxima de Itaú e Bradesco.

Isto é resultado de um forte crescimento na margem financeira, ganho de market share e bom controle da inadimplência e das despesas operacionais. (…) Santander mostrou mais uma vez expansão da carteira de crédito com destaque para o segmento pessoa física com mais empréstimos e maiores spreads em veículos e consignado.

Inadimplência ficou estável em relação ao segundo trimestre de 2017. Receita de serviços cresceu bem mais uma vez, com destaque para cartões e serviços de conta corrente. Com despesas operacionais controladas, o lucro do banco atingiu R$ 2,6 bilhões, 37,3% superior ao terceiro trimestre de 2016. Índice de Basileia em 16,2% reforça o banco bem capitalizado. De fato, o banco está no caminho certo.

Conteúdo recomendado