Springs lucra R$ 15,6 milhões e reverte prejuízos de 2016

Compartilhe:

Springs Global, fabricante de produtos de cama, mesa e banho, divulgou os números para o terceiro trimestre, nesta segunda-feira (13/11), após o encerramento do pregão. Sem datas comemorativas, o terceiro trimestre é sempre mais difícil para as varejistas. Com Springs não foi diferente e a empresa não mostrou crescimento na sua linha de receita quando comparado anualmente.

Entretanto, a companhia buscou o resultado através da redução de despesas e expansão de margem bruta. A queda no preço do algodão, sua principal matéria-prima, deu um empurrãozinho. Na operação da América do Sul Atacado, a receita líquida comprimida foi compensada pela oferta restrita de produtos com menor valor agregado (fios e tecidos), levando a uma expansão de margem bruta.

Os recorrentes cortes na taxa Selic reduziram as despesas financeiras e fizeram a Springs Global encerrar o trimestre com lucro líquido de R$ 15,6 milhões, revertendo o prejuízo apresentado no mesmo período de 2016.

Conteúdo recomendado