Supremo suspende prisão de Lula

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva não poderá ser preso até a conclusão do julgamento do habeas corpus pedido pela defesa do petista, o […]

Compartilhe:

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva não poderá ser preso até a conclusão do julgamento do habeas corpus pedido pela defesa do petista, o que deve acontecer somente em 4 de abril. A liminar para suspender a prisão do ex-presidente na semana que vem foi concedida após uma calorosa discussão por 6 votos a favor e 5, contra.

Os ministros que votaram a favor da liminar que impedia a prisão de Lula foram Rosa Weber, Dias Toffoli, Ricardo Lewandowski, Gilmar Mendes, Marco Aurélio Mendes e Celso de Mello. Os que votaram contra o pedido foram os ministros Edson Fachin, Alexandre de Moraes, Luís Roberto Barroso, Luiz Fux e Cármen Lúcia.

Para saber como isso afeta seus investimentos, acesse o Day One de hoje: O Domingo de Ramos e o que vem depois dele.

Conteúdo recomendado