Trump Trade volta a assombrar mercado brasileiro

Compartilhe:

Trump Trade voltou a assombrar os mercados em outubro. Já assustou, já foi irrelevante, voltou a assustar. Talvez você não tenha percebido, mas o mês passado acabou bastante duro para os ativos brasileiros. Bolsa em ligeira queda, renda fixa sofrendo com a abertura dos juros longos e a moeda brasileira tendo seu pior desempenho mensal desde a eleição de Donald Trump.

Com avanço da proposta de reforma tributária nos EUA, voltou à ideia de que teremos aceleração do crescimento por lá e repatriação de dólar. Os juros teriam de subir mais fortemente, o que aumentaria a atratividade dos títulos norte-americanos relativamente aos demais. A coisa esquentou com Donald Trump dizendo que não vai haver gradualismo algum, que as mudanças serão feitas de uma vez, e rápido.

Essa é a quarta vez que o Trump Trade vem nos assustar e se coloca supostamente como uma possibilidade de mudança estrutural. Nós não o compramos em nenhuma das oportunidades anteriores (…) e ainda não será desta vez que mudaremos de opinião.

Leia a análise na integra no Day One, Outubro rosa, novembro azul?

Conteúdo recomendado