Votação da reforma da Previdência fica para fevereiro

Compartilhe:

O governo avisou que não tem votos suficientes e, por isso, a votação da reforma da Previdência ficou para fevereiro de 2018. Péssima notícia para o mercado, e as agências de risco já falam em rebaixamento de rating.

A curva de juros deve sofrer bastante com a notícia no dia de hoje, principalmente nos vértices mais longos. Quem manteve uma carteira com pouco risco, conseguirá passar por esse período de volatilidade com maior tranquilidade, e aguardar a possível votação em fevereiro, assim como as eleições.

Conteúdo recomendado