Vulcabras paga dívidas e aumenta lucro em 233%

Mais uma vez Vulcabras Azaleia não decepcionou. Houve revisão para baixo das encomendas no último trimestre de 2017, afetado por uma desaceleração no varejo. Diante […]

Compartilhe:

Mais uma vez Vulcabras Azaleia não decepcionou. Houve revisão para baixo das encomendas no último trimestre de 2017, afetado por uma desaceleração no varejo. Diante desse fato, a receita subiu apenas 2% no ano.

Mas as más notícias param por aqui. Com uma maior ocupação das fábricas, os custos foram diluídos e a margem bruta subiu 1,6%. A companhia ainda apresentou melhora em todas as linhas de despesas (administrativas, vendas, marketing), o que levou o Ebitda a 25% no trimestre.

Também houve aumento de capital, o que serviu para a companhia liquidar dívidas de R$ 500 milhões. Isso teve um impacto brutal no resultado financeiro, o que proporcionou um aumento de 233% no lucro líquido.

Conteúdo recomendado