Assine Agora
Menu

Receba a newsletter
A Dama de Ferro gratuitamente

por Marília Fontes

Receba a newsletter
A Hora dos Fundos gratuitamente

por Luciana Seabra

Receba a newsletter
Outliers gratuitamente

por Beatriz Cutait

Receba a newsletter
Grana Preta gratuitamente

por Rodolfo Amstalden

Buscar na Empiricus

Manifestações de Apoio à Empiricus pelos leitores

 

Flavio M.

Inadmissível esta decisão criminosa por antidemocrática, cerceadora dos seus e meu direitos.

É materia criminal e constitucional, sujeita Ações Ordinária em primeira instância e Especial junto ao STF.

Vocês vão acionar a Apimec e sua diretoria?

Abraços a você Felipe e a toda e equipe,

 

Mario Elias D.

Boa tarde,

Venho apresentar minha solidariedade ao Felipe Miranda.

Essa suspensão é claramente uma retaliação ao fato dele, e toda a Empiricus, ter ensinado e esclarecido os leitores a investir melhor o dinheiro.

Ou seja , ele está sendo punido por um trabalho extremamente elogiável.

Contem com meu apoio.

 

Tulio R.

Caro Felipe Miranda,

sou um assinante Vacas Leiteiras bastante satisfeito com os retornos conseguidos com meus parcos investimentos – digamos que eu tenha tido retorno de 10 anos de assinatura com uma única operação, que peguei pelo meio e já foi finalizada. Acompanho mais de longe o seu trabalho em específico, por falta de tempo e recursos para ampliar investimentos.

Não quero, aqui, defender especificamente a você, a Empiricus – e muito menos à APIMEC.

Nem quero entrar ainda pelo viés da liberdade de contratar, de iniciativa etc. Fui “conquistado” numa campanha de marketing (algo como “As 3 verdades que não querem que você saiba”), por me identificar com a tese de como a sociedade não avança sob os domínios da oligarquia financeira e midiática, especialmente.

Por isso, falo em nome de uma coerência, somente. Não quero tb oferecer, sugerir e nem prestar qualquer tipo de serviço – até porque tenho a certeza que você e Empiricus já estão muito mais bem preparados e assessorados neste tocante do que eu poderia vislumbrar.

Mas é ‘pacífico’, tranquilo, na esteira do Supremo Tribunal Federal que os direitos fundamentais (dentre os quais estão o direito ao contraditório e à ampla defesa) são exigíveis tanto do Estado, quanto de particulares – é a doutrinária tese da “hierarquia horizontal dos direitos fundamentais”. E inclusive essa teoria se destacou no STF quando o tribunal decidiu pela impossibilidade de uma associação excluir um membro sem lhe conferir o direito de defesa – que deve ser amplo.

Por isso, retornando à coerência, não é cabível que lhe seja aplicada uma punição dessa natureza sem o direito de defesa. Sem aqui nem entrar tb pela argumentação de que está sendo tolhido seu direito ao trabalho, busque modificar a situação para não permitir a instauração, ou o alargamento, de mais uma ditadura a controlar a informação na sociedade.

Obrigado, e parabéns pelo trabalho.

 

Vicente Q.

Estou extremamente feliz com RUMO3. Meu primeiro papel.Tenho alguns mais agora. Comprei a R$7,26 COMPLETAMENTE CIENTE DO RISCO, apanhei, não desisti, caiu a R$ 5,00. Mas, o relatório pago “CONTRAGOLPE RUMO” mostrou que era uma excelente possibilidade de retorno DE 3 A 5 ANOS. Não vendi um papel sequer. Comprei mais. Se querem te calar é ótimo sinal. Devem estar com o cu na mão. Um forte abraço.

 

Jose Maria V.

Grande Felipe

Penso que você está totalmente com razão e arrisco-me a dizer que praticamente todos os seus leitores tem esta mesma visão…

Tranquilo… *Os cães ladram mas a caravana passa…* (Ibrahim Sued, que possivelmente copiou de algum árabe…)

Defenda-se e tome as providencias necessárias, pois os leitores conhecem os materiais que você produz, o bem cultural que a Empiricus proporciona aos interessados…

Fique firme e com tranquilidade… *Hay que ser duro, pero flexible…*

Paz.

 

Fabio Luiz H.

Crime sem vítima ? Então estão acusando a empiricus porque os clientes estão ganhando dinheiro com ações e não aplicando em fundos bancários?

Acho que agora vcs estão incomodando mesmo ….

Hahahaha

Abs

 

Gildenildo P.

Olá, li os dois materiais.

Não vi garantias de retorno nos relatórios; vi alertas sobre os riscos.

 

Walter S.

Felipe,

Esse pessoal da APIMEC estão completamente errados. Nos dois anúncios não tem nada de garantias de retorno. Alias, em todos os materiais que vocês nos encaminham sempre tem o destaque de que a rentabilidade passada não garante a futura.

Você deve recorrer a justiça comum até as ultimas instancias, obtendo liminares, etc. pois eles não podem te calar pois a independência dos membros dessa APIMEC que te julgaram está comprometida pois pertencem aos grandes bancos que somente querem nos prejudicar, e agora dessa forma, para que fiquemos presos a eles.

Não esmoreça, lute e vá até as ultimas conseqüências e pode contar com os seus leitores, pois estaremos sempre ao seu lado.

Abraços

 

Peter D.

Como assinante sou totalmente contra a decisão tomada pela Apimec contra o Felipe em relação a recomendação de compra das ações Rail3. Comprei as ações e as mantenho em carteira por concordar totalmente com o racional da recomendação.

Os riscos associados a recomendação foram listados adequadamente e cabe exclusivamente ao assinante concordar ou não com as informações recebidas pelo assinante.

Atenciosamente.

 

Lucas P.

Prezada Equipe da Empíricos, boa noite!

Impressionante o caso da Apimec!

Não me importo de ficar um mês sem os artigos do Felipe, mas gostaria de deixar meu depoimento. Podem repassar pra Apimec ou qualquer outra associação arbitraria, não me importo.

Tenho 34 anos, sou assinante da Empiricus, possuo livre arbítrio e exerço a minha cidadania da forma que eu achar melhor. Parem de se expor ao ridículo tentando calar a empresa com qual eu me relaciono. Já segui varias recomendações de ações do Sr. Felipe Miranda e posso garantir que estou bem ciente dos meus riscos. Já perdi e já ganhei com as recomendações dele mas tenho pleno conhecimento dos riscos. Felizmente, assim como suas recomendações a longo prazo, tem demonstrado ser um profissional competente e o fato é que ele se dedica muito para conseguir seu público. Não só eles mas também os inúmeros integrantes da equipe da Empiricus. Queria eu ter um décimo da habilidade de escrita e de síntese que ele e sua equipe tem para poder expressar as associações arbitrarias o quão levianos esses julgamentos são e descreditam a sua associação. O Brasil está mudando rápido meus caros e vocês ainda estão lá na origem.

Abraçus Retrogradus para vocês! E sucesso para a equipe Empiricus!

 

Paulo R.

Caro Felipe, parabéns, por tudo que tem feito por nós, dezenas de milhares de pequenos investidores brasileiros, e por esta carta resposta à Apimec, precisa e inquestionável.

Sigo à risca as orientações do Palavra do Estrategista, Você Investidor, Carteira Empiricus, Melhores Ações da Bolsa, PRP, Fundos Investimentos Imobiliários, Vacas Leiteiras, Double-X e Renda Fixa. Obviamente por decisão única e exclusiva minha. Comecei com um programa, gostei, fui aderindo a outros, alguns deixei pelo caminho por não estar satisfeito com os resultados, muitos segui e me tornei vitalício pelos resultados obtidos e pela confiança adquirida na prática. Livre arbítrio, livres escolhas. Feliz demais com vocês.

Voltando à Apimec, falo por mim, porém tenho certeza que todos assinantes estariam em sintonia: conte 100% na defesa, seja por escrito, por vídeo ou presencial, seja na Apimec, seja na CVM.

Mais uma vez, parabéns e obrigado a você e à equipe Empiricus pelo trabalho impar no país e pelo excelente custo beneficio que nos trazem.

Abraço.

 

José Flávio C.

Prezado e Ilmo

Sr. Felipe Miranda

Como vivemos num país com um regime Constitucional falho , qualquer pessoa que trabalhe honestamente, tendo como argumentos de profissão , o estudo, o esforço e a inteligência, estará sujeito à toda sorte de arbitrariedades por parte daqueles que se beneficiam do regime por eles criado. A Empiricus foi e é a única entidade que eu conheço que nos abriu os olhos para o verdadeiro assalto a que somos submetidos pelo oligopólio bancário do nosso país.

*Esse é o verdadeiro motivo pelo qual o Sr. está sendo “caçado”*. Leio os seus relatórios e aprendo não só sobre investimentos, mas também e principalmente sobre princípios éticos que deveriam na verdade nortear a vida de todos nós, e principalmente de dirigentes. Em nenhum dos relatórios o Sr. garantiu ou tem garantido retornos. A única coisa que o Sr. (Empiricus) garante é a possibilidade de não estando contente com os relatórios posso desistir e ser ressarcido do valor relativo a assinatura do produto. È um respeito ao Direito do Consumidor. Simplesmente, quando o Sr. *recomenda *uma aplicação , o faz mostrando seus argumentos técnicos nos quais se baseou para consubstanciar a indicação.

Não sou advogado, nem economista, mas acredito que a decisão dessa entidade está incorreta, pois os próprios interessados não podem ser juízes da própria causa.

Por outro lado, quero crer que *está havendo um cerceamento do seu direito de trabalhar* e neste caso o Sr. tem pleno dever de se defender através da justiça comum.

O Sr.( Empiricus) não desrespeita os direitos do consumidor como soe acontecer com a rede bancária deste país ( vide as estatísticas de reclamações contra os bancos nos cartórios de defesa dos Direitos do Consumidor). Infelizmente, sou um simples aposentado, não sou rico e somente agora, já com 71 anos de idade, graças ao Sr. vi o quanto perdi, por não ter tido nenhum conhecimento sobre como *investir. *Só agora , graças a seus ensinamentos e dos seus assessores , sei a diferença entre poupar e investir, que a renda variável varia, o que são ações, o que é um fundo de investimentos, renda fixa etc. Pelo menos oriento meus filhos e netos.

“May the force be with you”.

 

Ravel P.

Estou indignado porque por traz disso vejo represalia contra a proposta da Empircus de fornecer conteudo de qualidade e educação financeira. Comprei RUMO. O processo é uma farsa. Coloco-me a disposição, caso seu juridico vislumbre algum instrumento legal que necessite da participação dos assinantes.

 

Engles A.

Bom dia Felipe Miranda.

Acabo de ler seu relatório.Sou assinante do Palavra do Estrategista desde o início da série e quero que saiba que gosto do relatório e procuro segui-lo dentro das minhas possibilidades e, até agora estou muito satisfeito com as recomendações não tendo nada a reclamar. Ademais, admiro sua postura franca, direta, honesta, sincera e, sim, muito ética.

Conte com minha solidariedade nessa questão e, recorra mesmo da decisão da Apimec, que não tem alcance, nos termos em que você se expressou no final do relatório onde reclama a presença de órgãos reguladores governamentais para, de fato, exercer o direito de julgar tal questão.

Um grande abraço.

 

Dioclecio

Meu caro Felipe

Eu tinha dinheiro na poupança e de tanto ler as informaçoes dos jornais, eu apliquei meu dinheiro no banco em uma LCI.

Logo comecei a receber suas newsletters gratuitas e comecei a entender o que voces estavam me informando.

Me lembro que o que me interessava eram ações e aplicação em renda fixa.por isso assinei voce investidor, fundos imobiliarios e palavra do estrategista.

Logo que comecei a entender sobre como eu mesmo podia aplicar em uma corretora , eu nem sabia como abrir uma conta. Segui os passos do curso e logo estava abrindo uma conta e aplicando.

Para aumentar os valores,, eu retirei todo dinheiro aplicado em CDIs do Banco e fui me orientando pela leitura de suas recomendações.

Que fique claro que em nenhum momento eu me senti confiante de que as recomendações me dariam os retornos mirabolantes. Sempre entendi nas suas recomendações com informações sobre os riscos que eu poderia ter. Isso para mim sempre ficou claro.

Posso afirmar que avaliando as suas recomendações , eu acumulo rendimentos maiores que se estivesse em aplicaçoes de Bancos ou poupança.

Estou muito feliz com a minha assinatura que ate ja assinei o combo upside essencial-vitalício.

Fiquei chateado com a notícia e torço para que voce sempre mantenha a sua sensatez como sempre o faz e não desista de fazer o que voce faz de melhor que é nos tornar independentes financeiramente.

Abraços e conte comigo-estamos juntos

 

Leandro G.

Bom dia Felipe e equipe, o que vocês acham que os clientes/assinantes poderiam fazer para ajudar a contornar essa situação? Abaixo assinado? Petição?

Ou ainda uma carta de declaração do cliente, aceitando recomendações mesmo ciente de tal situação. Pois na verdade, desculpem a palavra, eu quero que

foda-se APIMEC, CNPI.

 

Francisco T.

Caro Felipe.

Meus cumprimentos pela sua ?defesa? e posicionamento. A inquisição imposta pelos Bancos à economia brasileira merece realmente ser registrada e contestada.

A auto-regulação não pode ser delegada sem que os seus agentes tenham representatividade do seguimento em que atuam.

Ação e reação. Fintechs, desintermediação bancária e instituições independentes e bitcoins são sementes que devemos cultivar e semear.

Abraço

 

Reynaldo G.

Mensagem para o Felipe conforme solicitou em seu paper “Porque querem me calar”:

Não, não vi garantias de retorno em seus papers sobre a RUMO e acho uma censura disfarçada a decisão da APIMEC.

Atenciosamente,

 

Michel P.

Bom dia!

Gostaria de deixar registrado o meu apoio ao Felipe Miranda que tanto ajuda este país ensinado as pessoas comuns a pensar em investimento e não só isso na vida.

A criação da Empiricus foi um marco no mundo de investimentos, com suas análises independentes. A Empiricus mudou a minha vida, primeiro a conheci por meio do M5M até então escrito pelo Rodolfo, depois me tornei menbro do Clube Empíricus e hoje com orgulho sou Membro do Reserva Empiricus.

Infelizmente por meio dessa decisão arbitrária da Apimec, ficarei sem os textos/indicações do Felipe Miranda que eu tive a Honra de conhecer pessoalmente em um evento que foi realizado no Rio de Janeiro, tendo a oportunidade de pegar o seu autógrafo em um de seus livros.

Obrigado Empiricus e ao Felipe por proporcionar excelentes relatórios diários.

Força Empiricus!

Força Felipe!

Um abraço

 

Angelo Z.

Olá,

Tive a curiosidade de ler o acórdão do julgamento dos analistas da Empiricus no site da Apimec e não pude deixar de mandar um email a eles com a minha visão de assinante Empiricus.

Segue o email que enviei:

Venho através desse contato expressar o meu repúdio pela condenação dos analistas da Empiricus referente a ao relatório com a recomendação de investimento na ação RUMO.

Sou assinante da série e investidor e sei muito bem os riscos de investimentos em ações e mercado de capitais, e não preciso de nenhuma “proteção” dessa instituição chamada Apimec (Leia-se: puxadinho do Bradesco e Itaú), censurando relatórios que eu pago para ler.

Aliás, o que os senhores deveriam fazer eram censurar as ofertas de produtos com juros criminosos que as instituições supra citadas oferecem aos seus mal-informados clientes, na maioria deles, pessoas em situação financeira deprimente.

Tomei meu precioso tempo para ler o acórdão que se encontra no site da Apimec, e dentre algumas incoerências e desculpas esdrúxulas para ir de encontro a uma condenação dos analistas, uma me chamou a atenção:

“O ALERTA que consta no relatório não especifica os riscos que o investidor corre”

Ora, qual seriam os riscos de um suposto investimento em acões? Risco de morte? risco de colisão? risco de assalto?

Não me admira que eles tenham sido condenados por representantes de bancos, os quais tem o total interesse que mais e mais pessoas não adquiram conhecimento e fiquem reféns de produtos bancários danosos.

 

Mario T.

prezados senhores bom dia!

como assinante a mais de 3 anos da “Palavra do Estrategista” do Felipe Miranda e como profissional de mercado a mais de 30 anos gostaria de manifestar minha total indignação com relação a suspensão do referido autor pela Apimec no periodo de 30 dias das sua funções.

A Apimec deveria é homenagear premiando a Empiricus pelo excepcional trabalho realizado no ambito das publicações financeiras e na educação dos pequenos investidores.

Não investi em Rumo3 mas quero agradecer ao Felipe pois com o ganho obtido em Guar4 pude não só assinar a “Palavra” vitaliciamente mas obter sem muitos riscos um otimo lucro!

atenciosamente,

 

Fábio C.

Felipe,

Transcrevo prints de tela de um grupo de investimentos que mantemos, com participantes bem heterogêneos, pelo WhatsApp. São pessoas que não se conhecem, mas que turbinados direta ou indiretamente pela Empiricus, achou de se juntar para trocar alguns “ruídos” sobre investimentos.

Hoje, por conta das diversas matérias que surgiram, um participante desse grupo postou alguns comentários pouco elogiosos acerca da Empiricus. Rapidamente, nos bastidores do referido grupo, em conversas paralelas, muitos se aquietaram, ensaiando uma reação orquestrada de desagravo. Eu e determinado colega cogitamos sair do grupo. Enfim, somos seus fãs! Sou Reserva há cerca de 2 anos, e não me arrependo.

 

Adilson A.

Prezado Felipe,

Boa noite!

Sou uma das pessoas que adquiri a assinatura do Palavra do Estrategista e comprei ações de Rumo.

E estou muito satisfeito com o seu trabalho e toda equipe da Empiricus.

Não sei muito o que dizer, mas caso possa te ajudar em alguma coisa, favor entrar em contato.

Atenciosamente,

 

Moacir L.

Comprei Rumo com a recomendação da Empiricus e ganhei dinheiro, não me senti enganado, não tenho do que reclamar.

Tenho a reclamar a esta censura, todos os denunciantes e julgadores deste caso não são capazes de vender a quem queira comprar recomendações tão lucrativas como as da Empiricus.

Mereciam um Reclame Aqui por parte de todos os clientes e simpatizantes da Empiricus.

 

Gunter H.

Passei a não gostar de várias coisas da Empiricus.

Mas continuo assinando alguns produtos, porque valem a informação que recebo.

Como invisto por meio da XP, recebi de uma dessas empresas de assessoria deles uma crítica que fizeram, apoiando essa tal Associação.

Não sou advogado de ninguém, mas me revolta quando vejo uma motivação tão ridícula para atacar e destruir a reputação de uma empresa.

Como cidadão, fico assustado porque, se uma empresa é agredida desse modo pelo setor mais poderosos do setor financeiro, como fico eu ante tal arbítrio e abuso de poder?

A seguir, a resposta que enviei à empresa “Eu Quero Investir”, que faz assessoria para a Corretora XP.

Sobre o caso Empiricus.

Não posso deixar de me manifestar.

Vivemos mesmo a era da desinformação.

Uma coisa é INFORMAÇÃO e outra, DESINFORMAÇÃO, no caso, essa decisão ridícula de uma Associação.

Quando se começa a misturar alhos com bugalhos, faz-se exatamente isso – DESINFORMAÇÃO. E pior, quando feito de modo intencional.

Muito me estranha esse posicionamento de vocês.

Em primeiro lugar, me faz pensar que vocês estão falando, obedientemente, em nome do novo proprietário da XP, um grande BANCO.

Por sinal, os grandes Bancos têm sido alvo de críticas, fundamentadas, pela Empiricus.

E este deve ter sido o mal deles, em provocar os todos poderosos Bancos, expondo o verdadeiro crime de extorsão que praticam nos clientes. Sempre oferecendo as menores rentabilidades e ainda cobrando taxas abusivas.

E vocês misturam alhos com bugalhos, quando confundem marketing de produtos, que é uma coisa, com outra coisa, que são as informações que somente são passadas àqueles que realmente adquirem os produtos. Ou seja, só recebeu a tal informação milagrosa aquele que pagou pela assinatura.

Nóóóóóóssssaaa !!!!!! Como essa Associação está preocupada com os Assinantes!!!!!!!!!!

Será que ela vai bancar, de graça, uma ação para ressarcir prováveis prejuízos desses assinantes? Mas que prejuízos? Pois nesse caso “absurdo” houve rentabilidade acima de 100%, ninguém ficou no prejuízo. Ah!!! alguém sonhou com 500% e não aconteceu…..

Ora, acredita na dica dos experts analistas, quem quer.

Ninguém obrigou a ler o marketing, coisa tão nociva como fazem parecer. E ninguém obrigou a acreditar na dica. Quem acreditou sem fazer a lição de casa mereceu se ferrar. Assim como todos os que acreditam nas dicas de trading de vocês. Quantas que se configuram na direção contrária?

Vocês estão se posicionando sobre algo que não se deram ao trabalho de conhecer pelo menos o básico.

Não gosto do marketing da Empiricus. Já sei o que consta ali e vou direto no que me interessa.

Testei vários produtos deles, a maioria não gostei e alguns gostei muito e continuo assinando, porque é informação que não conseguiria de outra forma.

Se for pra colocar “bunda na janela” posso considerar que vocês NÃO estão em posição de fazer esse tipo de crítica.

Por que? Muito simples!

Qual a independência de vocês? A assessoria de vocês é para uma Corretora somente ou para várias?

E agora pior ainda. É para a XP somente, ou também, e principalmente, para o ITAÚ?

Por que devo acreditar que vocês fazem assessoria isenta? É mais do que óbvio que fazem também MARKETING, não explícito e chato como o da Empiricus, mas de modo velado para os produtos que mais interessam para a XP, e agora também para o ITAÚ.

Por favor, não ofendam a inteligência dos que ainda pensam um pouco.

Se querem acabar com a reputação de uma empresa, que pelo menos se baseiem em algo sério.

Vocês são todos iguais. Tudo papo de trader. Ciumes de trader.

Quem é mais honesto?

Ou quem é menos honesto?

De todo modo foi bom, porque passarei a estudar seriamente uma outra corretora para investir o meu dinheiro.

 

Cláudio M.

Bom dia a todos da Empriricus,

Esse email encaminho principalmente referente a condenação de Felipe Miranda. Só expressando minha opinião, lógico que Empiricus faz sua propaganda apresentando ganhos mostrando o lado bom do mercado financeiro, ela precisa vender, o que desperta muitas pessoas que tem ganancia de uma resposta rápida de seus ganhos. Mas gostaria de deixar meu apoio ao Felipe, que de forma alguma fui enganado por promessas de Relatórios ou propagandas. Sempre foi passado de forma séria e expondo os riscos principalmente os relatórios, mesmo por telefone, que é uma forma de se vender, convencer, nunca ninguém fez promessas ou garantias. Por isso eu considero uma condenação totalmente injusta.

Deixo claro, que hoje no terceiro ano de assinante Empiricus, em minhas humildes aplicações (ações, tesouro) tive somente sucesso e sempre ciente dos riscos informados pela própria, o que não acontecia antes de ser cliente Empiricus.

Deixo aqui minha solidariedade e indignação com esta condenação.

 

José D.

Caro Felipe,

Bom dia!

Entendo perfeitamente que deves estar amargurado com esta decisão, mas o lado bom da coisa é que abre um enorme janela para mudanças neste mercado dominado pelos grandes bancos. É óbvio que a punição vem para punir a quem incomoda. Continue incomodando e estamos juntos.

Parabéns pelo evento de ontem e sucesso a todos. Pedras no meio do caminho existem para serem removidas. Vamos seguir em frente.

Sds

 

Edna M.

Oi Felipe,

Eu sempre fui muito crítica com relação ao tipo de marketing feito por vocês, pois acho que não precisam disso. Dito isso, como assinante de vários produtos de vocês ao longo do tempo, inclusive do Palavra do Estrategista, nunca me senti ?forçada? a fazer nenhuma operação depois de ter lido seus relatórios. Aprendo muito com vocês todos os dias, mesmo não concordando com tudo.

Felipe, não se cale mesmo! Você é relevante e indispensável. Coloco meu nome abaixo de documento em sua defesa,

 

Claudio L.

Felipe, me solidarizo em muito com você. No meu caso sou investidor conservador e devido a minha situação atual me abstenho de tentar algo com um pouco de risco. Mas a seriedade de suas exposições me toca, tenho você e sua equipe como os melhores e mais sinceros em seu ramo de atuação.

Não desanime, o que seria de grandes nomes e da evolução humana se abrissem mãos de seus ideais. Siga em frente mas espere consequências isto é inerente, este é so o começo. Quem leva conhecimento sempre muda o ambiente ao qual está inserido e isto incomoda. Mas foque em conseguir aliadose não opositores, seria interessante até se criar uma associação das empresas da mesma atuação que a Empiricus.

Você é nota 1000 meu amigo ( se me permite te chamar assim), o admiro.

 

Sergio G.

À Empiricus

Solicito a gentileza de apresentar ao Felipe Miranda minha solidariedade e indignação pela injustificável penalização a que foi sujeito pela Apimec.

Estou certo de que tal absurdo será corrigido imediatamente e possamos voltar a contar com suas claras e brilhantes analises e sugestões.

Atenciosamente

 

F. Gonçalves

Felipe, Enquanto eles preocupam com suas recomendações nós ganhamos dinheiro!

Lembrei do velho lobo (zagallo) que certa vez dizia: “eles vão ter que me engolir.” E sim, eles vão ter que engolir nós pessoas físicas vivendo oportunidades de uma vida RUMO a independência financeira. Desde já, desejo a todos um Feliz natal e um próspero ano novo!

 

A. Siqueira

Caro Felipe como vai? Envio votos de solidariedade a ocorrência relatada hoje no Day One e entendo que esta entidade (Apimec) não possui foco no investidor e sim na proteção, erroneamente, dos seus apaniguados, que não percebem que poderíamos ter um mercado muito maior, empregando uma maior quantidade de analistas, construindo uma nação verdadeiramente rica e próspera. Acompanho os seus relatórios diariamente e não encontrei qualquer deslize ou falha que justificasse tal barbaridade.

Atenciosamente,

 

J. Cambraia

Olá.

Felipe primeiramente gostaria de parabenizar a toda Empiricus pelos oito anos de brilhante trabalho.

Quando você diz que a missão da Empiricus é proporcionar à pessoa física condições de investimentos tão boas ou melhores que a dos profissionais, ainda não expressa o impacto na vida dos milhares de assinantes que os acompanham, pois muito mais que possibilidades de investimentos, com o auxílio da Empiricus a construção consistente de patrimônio e projetos de vida saem do campo das intenções e tornam-se realidade.

Essa semana de aniversário deveria ser apenas de comemorações, mas como a vida não é perfeita temos que lidar com os entraves também e foi com imensa surpresa e tristeza que li a notícia no Day One de hoje sobre essa condenação absurda da Apimec. Quero lhe desejar forças para enfrentar mais esse entrave dentre tantos que já superou e reforçar meu apreço e admiração pelo seu trabalho,

Como você tantas vezes citou: “se os seus detratores lhe conhecessem te odiariam mais ainda.”

Um abraço.

 

E. Costantin

Boa noite, Felipe!

Essa APIMEC, realmente, é uma GRANDE P-A-L-H-A-Ç-A-D-A. Antes de puni-lo, deveriam ter ouvido diretamente os assinantes dos respectivos relatórios e, só após isso, determinar a sua ”punição”. Como correntista do banco ITAÚ há pouco mais de um ano, fiquei muito indignado com isso pois, se antes não tinha muita confiança em relação à lisura desse banco, após esse episódio, meu relacionamento com eles será o mínimo possível ou, até mesmo, penso em encerrar a minha conta. Não deixe barato para esses caras pois, os mesmos, representam mais uma das grandes máfias que infestam, enojam e atrapalham o desenvolvimento desse país e de seus cidadãos de bem. Nós, investidores, que cansamos de deixar nosso dinheiro investido em produtos ruins dos bancos, torcemos por você. P-A-U NELES!

 

E. Junior

Felipe

Boa noite

Estou impressionado com o que o apimec está fazendo, só peço a vocês e a todos aí ,que isso te de mais e mais forças.

Sou assinante de vários relatórios vitalícios da casa, não olho isso como despesa e sim como investimento de ter pessoas tão competentes me ajudando a cuidar do meu patrimônio e dos meus familiares.

Vocês irão vencer isso e tudo que vir pela frente.

Vocês colocam o anúncio ali e cabe a nós escolhermos ou não entrar nisso .

Eu escolhi entrar e estou muito feliz .

Comprei rumo a 6 , CARD do bruce ano passado dentre inúmeras outras recomendações .

Perdi em algumas! E hoje tenho um portfólio vencedor , não sei o que vai acontecer no futuro , mas com vocês , topo jogar esse jogo.

Sou financeiro da empresa , e sempre falo aqui dentro , um dia nossa empresa não dependerá desses lixos pra absolutamente nada . E tenho certeza que irei conseguir isso !!!!

Enfim , eu e minha família estamos com vocês !!!

Acho o Bruce top , max , Rodolfo , Marília Luciana, oba e etc !!!

Juntos somos mais fortes

Não sei se você vai ler esse e-mail , mas queria enviar no particular.

Até breve

 

R. Albuquerque

Amigo Felipe!

Permita-me chamar assim, apesar de você ser corintiano (como meu Pai). Eu, são paulino, sou a materialização da evolução das gerações… rs… Preferências futebolísticas

(questionáveis) à parte, sou muito grato a você e a todo seu time.

Sou vet (estudei com a irmã do Alexandre Mastrocinque) e trabalho com gestão de risco para pecuária. Tenho um blog (um dos mais lidos do mercado pecuário), sou conferencista, etc… Posso te dizer que aplico o conhecimento das postagens da sua empresa na área pecuária. E replico isto (o aprendizado com vocês), semanalmente para alguns milhares de pecuaristas espalhados pelo Brasil.

Humildemente, me considero a Empiricus do Boi… Sem ter a presunção de fazer o meu trabalho com sequer uma mísera parte da qualidade do de vocês.

Reitero que o que eu aprendi com vocês me fez aumentar a receita da fazenda da família em meio milhão de reais este ano. E recebi dezenas de mensagens de gente que seguiu as minhas recomendações e ganhou até mais, proporcionalmente.

Portanto, siga, meu amigo. Para beber a água da fonte, é preciso nadar contra a correnteza, como me ensinou o Mario Sergio Cortella! Ninguém chuta cachorro morto, amigo! Apenas siga! Nós precisamos de você.

 

F. Borges

Felipe, Bruce, Gabriel e demais,

Em primeiro lugar, gostaria de me solidarizar com vocês nessa luta contra uma injustiça desse tamanho (especialmente porque decisão tão séria não pode ser tomada em instância única por “juízes” claramente enviesados). Não esmoreçam, não desistam.

Vocês me fizeram redescobrir o gosto por investir. E tenho certeza que fazem com que muitas e muitas pessoas tomem consciência da importância de “tratar bem” o próprio dinheiro.

Confesso que por anos relutei em conhecer a Empiricus justamente por achar o marketing agressivo demais. Arrependo-me disso. Mas, independente de ser agressivo ou não, independente de RUMO3 ter se provado uma boa recomendação (podia ter dado prejuízo monstro que, ainda assim, não justificaria essa punição, sequer o processo), o fato é que vocês estão do lado certo, fazendo as coisas de forma transparente e tentando mudar um paradigma.

Lutem, informem, corram atrás e continuem trabalhando por um bem maior. Nós brasileiros temos a tendência a achar que quem trabalha por lucro não pode visar também ao bem do próximo. Nada mais errado e vocês são prova disso.

Parabéns. Continuem a lutar o bom combate.

 

A. Ferreira

Olá Felipe, boa noite.

Acredito que não só eu, mas todos os assinantes, vão de alguma forma manisfestar apoio a você, se não estou enganado foi depois da idéia de abrir uma corretora, os caras estão preocupados, querem dominar tudo.

Estou aqui para manifestar meu apoio a você, que mudou meu modo de investir, eu era gastão, hoje sou investidor(pequeno), mais sou, se precisar de um abaixo assinado, assinarei, mais uma coisa, se tiver que abrir uma corretora, abra, vá em frente, Obrigado.

Desculpe erros de português.kkk

 

S. Bechara

Felipe, parabéns pelos 8 anos da Empiricus.

Obrigado pelo evento de ontem, um presente para nós assinantes. Palestras excelentes, sua mediação ótima, sempre com aquela sua transparência, competência e objetividade.

Agora, Felipe que paradoxo. Por um lado, o investimento que fiz na Empiricus foi tão recompensado. Ganhei muito mais que investi na Reserva Empiricus Vitalícia. É tão difícil hoje alguém prometer e entregar algo tão valioso, como vocês fazer: ensinar pessoas comuns a aprender a ganhar dinheiro. Aprender a investir bem seu suado dinheirinho.

Cara, ontem no evento eu te olhava e pensava, o Felipe existe, ele é de verdade. Você é tão legal, tão amigo nosso, que às vezes parece que criaram um personagem fictício, porque é difícil um ser normal entregar algo tão valioso, diariamente.

Mas, por outro lado, esse absurdo da sua suspensão. Sem palavras. Nós assinantes compramos por vontade própria, o que queremos. Continuamos assinando e lendo porque você entrega resultados, cumpre o que promete, sempre deixando claro que não pode garantir ou prever o futuro (tudo a ver com o Taleb de ontem).

Felipe, vida longa a você. Que possamos continuar contando com você e seu time por muito tempo.

A assinatura da Empiricus foi algo muito gratificante para nós. Só me arrependo do que não consigo ler.

Sinceramente, muito obrigado.

 

R. Rodrigues

Oi Felipe!

Sou um daqueles que sempre quiseram aplicar em ações e não sabiam por onde começar. Comecei pelo Palavra do Estrategista, comprando ações da Estácio e não parei mais. Também fui um dos que ganharam dinheiro comprando Rumo, seguindo sua recomendação. Tanto você me ensinou, que hoje sou assinante de outras séries da Empiricus e administro a carteira que iniciei, a do meu filho, da minha esposa e dos meus pais que só tinham LCAs do banco deles. Um verdadeiro horizonte novo para todos nós.

Assim como eu, todos assinantes são adultos, e exercem seu livre arbítrio lendo os prós e os contras de cada recomendação. Vocês inclusive nos estimulam a não acreditar piamente em tudo que lemos e a seguir nossa intuição. No caso específico da Rumo, gostei de sua análise e comprei. Saí, com lucro, por recomendação do Serious Trader, investindo em outra ação. Melhor seria se tivesse permanecido com elas, mas e daí? Vou culpar o Sérgio? Claro que não, o propósito foi outro. As da Estácio, ainda tenho em parte até hoje, não vendi quando você recomendou a troca.

Digo tudo isto para confirmar que vocês nos ensinam a pensar e investir, tendo suas recomendações, muito bemanalisadas, como bons conselhos, o que prova que as pessoas que te julgaram estão equivocadas.

Seus relatórios são, para mim, bons conselhos de um irmão mais velho, apesar de muito mais novo que eu, que diz: – Olha, isto é muito bom, mais cuidado… Sem eles não teria conseguido gerir minhas aplicações, por exemplo, no impeachment, quando me desesperava ao abrir o Estadão e me acalmava depois lendo seus relatórios.

Meus parabéns e meu muito obrigado!

 

R. Schorr

Felipe, tudo bem?

Li ontem a notícia da APIMEC e hoje os teus esclarecimentos. Lamentável e perigosa a posição da Associação. Mas saiba que nós, clientes, seguimos ao teu lado e ao lado da Empiricus.

O que me entristece, apesar de não surpreender, é a postura do pessoal nas redes sociais “celebrando” a condenação, mesmo sem conhecer o processo. Basicamente a Empiricus é bem sucedida, virou “establishment” e, sendo assim, somos contra. É muito complexo de vira-lata!

É muito contraditório que investidores, traders e afins sejam contra alguém que “se deu bem” no mercado. Se eu me dou bem, mérito meu. Se alguém se dá bem, pau nele. Mas, enfim, é o que temos.

Tenho certeza que vocês seguirão e sairão fortalecidos.

Forte abraço!

 

G. Machado

Ou,

Vi sua treta com a Apimec. Eles tão de sacanagem!

Tô do seu lado.

E vai Curintia.

 

K. Moreira

Boa noite Felipe,

Não tive muito tempo ao longo do dia para ler meus e-mails, e agora que parei um pouco vejo essa notícia sobre sua suspensão absurda pela APIMEC. Estou realmente perplexo! um dia depois do histórico 8 anos de Empiricus esse belo presente.

Eu sou assinante do Palavra a pouco tempo mas já conheço os relatórios da Empiricus e sua forma de trabalhar há um bom tempo, e me surpreende você, defensor ferrenho de proteção(quase um Cássio no Mundial de 2012), não alertar sobre os possíveis riscos de uma recomendação. Qual a lógica e critério que usaram para analisar isso? Sinceramente é muito revoltante.

Essa censura, esses interesses obscuros por trás (na verdade de obscuro não tem nada, está bem claro pra o motivo) me entristece com esse país. Nos resta continuar na batalha e espero que isso não te desmotive, não te cale, e que você saia fortalecido dessa situação, todos os assinantes do Palavra do Estrategista estão do seu lado. Continue com o brilhantismo de suas palavras e relatórios nessa luta diária contra o sistema bancário obsoleto e arcaico.

Espero um dia poder apertar sua mão e agradecer pelos ensinamentos.

#CensuraNão #SomosTodosEmpiricus

 

R. Nikoobin

Boa tarde Felipe,

Como provar a integridade e antifragilidade de uma pessoa sem testar a sua alma, a sua capacidade de resistir a força alheia? Hoje voce mostrou grace under fire!

Infelizmente não há caminho facil para chegar onde voces chegaram.

Parabens pelos 8 anos de sucesso, Empiricus esta no topo da lista das melhores cabeças do Brasil.

 

Ericson

Meu caro Felipe.

Contam que um dia, Chico Buarque de Hollanda, cansado de ver suas músicas censuradas, inventou o pseudônimo de Julinho de Adelaide no disco Sinal Fechado, na música Acorda Amor.

A música passou sem problemas pela censura ! Mesmo gritando aos quatro cantos:

Chame, Chame, Chame o ladrão !!!

Não sei porque, mas depois que li os Link 1 e Link 2, me veio à cabeça esse episódio.

E, pelo que li, você alertou sim dos riscos que corríamos !!! Está claro e desculpe-me, repetitivo, que o investimento não é para todos, não para pessoas conservadoras nos investimentos !

Conclusão:

Ou aqueles “doutores” que você nomeou não sabem ler, interpretar um texto, ou você está incomodando !!!

Eu creio que você incomoda muito gente !

E isso é ótimo !!!

Abra logo a corretora vinculada a Empiricus que seu advogado terá trabalho dobrado !!!

Tudo de bom, todo sucesso e felicidade

Obrigado por ensinar-me a investir

 

B. Gallo

Oi Felipe,

Sou assinante da Carteira Empiricus, acompanho vocês desde a rádio cash na exame, depois o programa na TV Gazeta com direito as charutos kkkkk/ As idéias mirabolantes do

Marcos Elias INEPAR e MARFRIG também o Paulo Gala e gravações do youtube “dilminha paz e amor”. Quando você ainda tinha twitter já cheguei a trocar uma idéia.

Acho que a posição da APIMEC é bem lamentável, mas o Brasil é um país de pé trocado em que temos que ser protegidos de nós mesmos em quase tudo e assim não conseguimos desenvolver nossas próprias defesas e aprender com nossos erros. Assim não conseguimos nos desenvolver e nos tornar antifrágil com um estado protetor… iatrogênia..

Me identifico bastante c/ seus relatórios pois meu pai como o seu teve um problema ai financeiro nos últimos anos e perdeu o que tinha e hoje tenho uma empresa ai já a 9 anos também e com sucesso. Inclusive dei o seu livro de ensaios pra ele e gostou bastante.

Concluindo também queria dizer que fiquei chateado de não ser convidado pra esse último evento de aniversário. Não tinha a grana para assinar o relatório que dava direito a uma vaga mas sou assinante de outros e da carteira. Na próximo evento me convide.

Abraço e boa sorte

 

L. Salles; F. Paiva

” Fui julgado por um comitê formado por Alexandre Gartner, chefe de investimentos do Bradesco, Eduardo Bocuzzi, entre outras coisas, advogado do Itaú, e Geraldo Soares Leite Filho, Superintendente do Itaú. ”

Caro Felipe Miranda, boa tarde.

Estamos impressionados com tamanha torpeza, indecência, obscenidade.

Indignados.

Estamos solidários com você agora e sempre.

Se pudermos ajudar de alguma forma favor contar conosco.

Abraços.

 

C. Quintão

Oi Felipe, blz?!

Estou perplexo! E não sabia “a essa altura”. Rsss, legal que vc conte essas coisas pra gente! Te respondendo, o que vc mesmo respondeu, a resposta é muito clara sim! Li ambos, na época.

Mesmo que eu já fosse assinante, tive acesso ao material de marketing também. Entendi claramente; não tinha garantia nenhuma. Tanto foi me dado os riscos, que tomei a liberdade de te enviar a tabela abaixo, que é parte da “minha vida”. Ela se explica, avaliei a recomendação desde o lançamento, vc vê que pelas datas até aguardei um pouco pra comprar e resolvi por conta própria como sempre, o momento; tanto acreditei, que como poderia não saber de riscos se com o passar do tempo só comprei mais? E coloquei também outras compras na mesma época, não sei se teria relevância ou não, mas coloquei, não pra mostrar acerto ou erros, mas pra comprovar como vc falou, que as decisões são “nossas” mesmo.

Fazendo um parênteses(segura o olho. calma), estive ontem no Evento, foi muito bom, gostei muito, te falei pessoalmente, parabéns e obrigado. Foi muito legal o pessoal da Empiricus estar lá no meio da gente, conversando e dando atenção à todos. Bacana mesmo!

Eu desconfiava um pouco, apesar de acreditar, quando vc sempre escreve que é tímido com quem não conhece; comprovei que é verdade. E mais ainda quando vc ficou vermelho como um pimentão naquela brincadeira do Pondé. Rsss… Vc fala verdade mesmo. Até na dedicatória que escreveu pra mim no Livro, eu fiquei pensando, não teve ensaios mesmo não, teve muita “ cara a tapa ”! Como vc sempre diz. Claro que teve muito dedicação e estudo.

Abraço,

 

M. Cornacchione

Boa tarde Felipe.

Parabéns pelo evento de ontem. As palestras foram excelentes e tudo foi muito bem organizado. Um evento e uma data para se orgulhar! Foi um prazer revê-lo também, esse contato com os analistas é especial e na Empiricus a gente se sente em casa. Muito obrigado.

A respeito da Apimec, continue batalhando. Sua resposta é bem racional e é um absurdo não te ouvirem e não darem um direito de defesa. Inconcebível isso.

Um grande abraço,

 

 

G. Grossi

Boa tarde, Felipe!

Por ocasião da decisão da APIMEC, venho manifestar minha confiança na Empiricus e, principalmente, em você e suas ideias – de investimentos e de vida.

Em uma demonstração de antifragilidade, a Empiricus tornar-se-á mais forte com este evento.

Mantenha-se leal à sua alma.

Um abraço de um satisfeito Investidor Essencial e assinante vitalício do Palavra.

 

Carlos (Goiânia- Go)

Oi Felipe!

Impressionante como o prego que se destaca é martelada né? Não se deixe abater por esses desonestos cheios de conflitos de interesse. No fundo, eles não querem que VOCÊ abra os olhos do investidor pessoa física comum, pois isso reduz o lucro deles. Se quiser pode me mandar o contato ou e mail desses caras que eu vou tirar uma boa satisfação com eles.

Nesse Brasil, quem quer fazer um trabalho de qualidade sempre toma umas “pauladas”.

Mas vc é resistente, já percebi.

Vc merece ficar rico, ter sucesso etc etc etc pq vc vende uma melhora de vida para outras pessoas. Eu como médico me identifico nesse sentido.

Um grande abraço

 

F. Guimarães

Inadmissível esta decisão criminosa por antidemocrática, cerceadora dos seus e meu direitos.

É materia criminal e constitucional, sujeita Ações Ordinária em primeira instância e

Especial junto ao STF.

Vocês vão acionar a Apimec e sua diretoria?

Abraços a você Felipe e a toda e equipe,

 

E. Branco

camarada felipe, me permita utilizar essa expressao no melhor sentido, nao esmoreça ante esses estupidos da APIMEC.

sua decesa esta facil, facill, para seus advogados que ja atuam em outra demandas.

a luta sera colossal e épica, um ponto de virada para mudancas importantes que virao dessa demonstracao de pavor e receio que eles esta sentindo pelo que vcs estao fazendo no mercado e pelos novos investidores.

nao tem como isso vingar.

um simples mandado de seguranca fundado no argumento de encerramento do direito de expressao cumulado com privacao da obtencao do devido sustento, por exemplo, deve ser suficiente.

ademais, a sua defesa é a propria missiva que vc nos encaminhou explicando o fato. mais que suficiente.

aproveite e divirta-se com esse imbroglio que o pavor fez com que os seus concorrentes metessem os pes pelas maos nesse processo natimorto.

sinta o prazer de estar provocando pavor em pseudopoderosos idiotas.

isso deve ser muito bom e deve estar enchendo de orgulho o espirito de seu pai, onde quer que ele esteja.

cara, siga em frente e divirta-se. no final vcs vao rir muito disso!!! vai por mim!!!

abraco

um assinante e fã

obs: so nao gosto quando vcs metem o pau na CEF, tem muita, mas muita gente boa e bem intencionada na empresa. mas, seguimos regras. enfim…nem faz parte da mensagem que eu queria te passar, mas veio na ideia e resolvi falar.

kkkk

 

M. Moraes

Bem vindo ao Brasil !!!

Espero que tenha sabedoria para seguir com este embarte… David derrubou um gigante !! Lembre-se disso.

Desejo Sucesso !

 

L. Fleury

Olá Felipe, tudo bem?

Desnecessário discorrer sobre o controle da Apimec na atividade dos analistas, especialmente quando a corte julgadora é formada por representantes de instituições financeiras. Infelizmente o lobo toma conta das galinhas…o que nos deixa reféns (mais uma vez) dos bancos. Fiquei atônito em saber deste fato e acho que isso só reforça toda irracionalidade dos sistemas de controle no nosso país . Concordo com toda a sua argumentação mas como assinante da sua Newsletter, gostaria de dar uma sugestão.

Poderíamos contar (pelo menos até a confusão acabar) com as idéias de um analista que tivesse um alinhamento com seu modo de pensar. Isso resolveria temporariamente o problema dos clientes, parte mais frágil de toda a problemática.

Grande abraço e boa sorte com a Apimec.

Att

 

C. Galvão

Bom dia.

Por favor, você poderia enviar subsídios para eventual processo meu contra essa condenação que me impede de usufruir um serviço pelo qual paguei? Custo dos relatórios não recebidos, pessoas ou instituições responsáveis, endereços, etc. Tenho certeza que seus advogados saberão informar.

Espero não precisar usar, pois creio na viabilidade de eventual atitude que você já avisou que tomará, mas é melhor já ir me preparando.

Desde já agradeço pelas informações, pelo serviço prestado e pela atitude.

Att.

 

P. Cunha

Caro Felipe, me solidarizo com a questão. Entendo os posicionamentos das partes. Tenho satisfação em ser assinante dos relatorios de sua empresa. Tente manter a calma.

Distraia um pouco com seus colegas. Não se precipite em decisões neste momento de tensão para não agravar os fatos. Tudo vai passar.

Abraço.

 

R. Almeida

Prezado Felipe,

Já imaginava que vc não deixaria barato, brioso como sempre. Admiro isso.

Estou contigo e não abro, RUMO3(e várias outras acertadas recomendações) ao lucro.

A Apimec, com a desculpa de proteger o investidor, quer proteger os grupos que os diretores representam.

Forte abraço,

 

H. Figueira

Quero me solidarizar a você e a toda a Empiricus nesta luta, frente à injusta e arbitrária suspensão de sua atividade profissional. Como você bem destacou, há uma série de ilegalidades e inconstitucionalidades no procedimento. Ausência de observância do duplo grau de jurisdição, uma garantia constitucional; julgamento por entidade privada, não dotada de Poder de Polícia, característico de entidades estatais; ausência de paridade no órgão julgador, afastando qualquer possibilidade de julgamento isento e equilibrado… O impedimento de um profissional ao exercício de sua atividade é medida extrema e gravíssima, necessitando extrema parcimônia e zelo. Certamente o Poder Judiciário haverá de reverter tal decisão, ainda em caráter liminar. E na decisão de mérito, tal qual o caso da outra associação por você mencionada, estabelecerá limites à atuação da Apimec. Mesmo sem querer, vocês (mais uma vez) estarão contribuindo para a evolução do mercado de capitais brasileiro. Grande abraço!

 

J. Shooter

Prezado Felipe,

Revoltante! Não é fácil desafiar o sistema, ir contra o status quo. Vc e a Empiricus são responsáveis por um giro de 180 graus na forma de pensar e executar investimentos no Brasil, e isso começa a incomodar alguns grupos de interesse. Vc e a Empiricus não estão sozinhos nessa luta, existem cem mil pessoas com vcs, e a verdade irá prevalecer.

Não falo isso apenas pq coloquei grana em RAIL3 com resultado acima de qualquer expectativa, mas pela honestidade das análises e proposta visionária de alocação de riscos. Tbm coloquei grana em WIZS3 e não está fácil, por isso acima de qualquer coisa minha admiração é pelo método e transparência, nunca acreditei em qualquer resultado garantido em RAIL3 tampouco WIZS3, mas sim na convexidade dos papéis. Assinei o reserva pq entendi de imediato que aquele valor era uma vírgula frente os ganhos potenciais de todas as recomendações da casa. Faço a gestão de meu patrimônio e tbm de meu pai com base exclusivamente nas recomendações de vcs. Não pude comparecer ao Evento ontem pq estou como pai em tempo integral de meus 2 filhos pequenos, mas espero conhecê-los pessoalmente em alguma ocasião.

Por ora fica minha admiração pelo seu trabalho e de toda a equipe. Isso não pode parar!

Abraços

 

J. Carvalho

Felipão!

Antes de tudo, parabéns pelos 8 anos da Empiricus. Se estivesse em Sampa, seria mais um na festa mas celebro aqui mesmo de longe.

Li nas redes ontem sobre a sua punição pela Apimec. Eu já esperava por isso. Não exatamente a punição específica mas uma retaliação forte pelo que vcs tem feito por abrir os olhos dos investidores (que até ontem, vá lá, até 8 anos atrás não eram investidores porque sofriam nas mão das taxas abusivas e produtos ruins dos bancos. E não tinha ninguém pra dizer que aquilo era uma roubada. Literalmente.)

Aí vcs chegaram e tudo mudou.

Com textos inteligentes, sem rabo preso com quem quer que seja, a não ser com quem compra os relatórios, começaram a tirar debaixo do tapete toda a sujeira que não víamos.

Cara, vcs mexeram com um dos maiores baronatos desse país! Achavam que não ia vir porrada das grandes?

Claro que a retaliação ia ser na mesma medida. Mas, amigo, ouça bem. Meu pai já dizia que não se joga pedra em árvore que não dá fruto. E, pra permanecer na metáfora agrícola, o maior de todos, o Cristo, disse que a árvore boa seria conhecida pelos frutos.

“Porventura colhem-se uvas dos espinheiros? Ou figos de abrolhos?”

A Empiricus cresce porque tem o que apresentar. Os números e as recomendações não mentem. O leitor está satisfeito e se não estiver, cancela a assinatura. Simples assim.

Agora que merda é essa da Apimec me privar de 30 dias dos seus textos e recomendações? Com que direito? Eu pedi isso? Eu quero ter essa instituição como babá? E o meu direito de escolha?

Tudo e só isso (como vc gosta de frisar) é pra te dizer que eu, como assinante, tô contigo (e como vc é a cara da Empiricus) a turma toda nessa.

Bota pra quebrar! Leva isso adiante! É um abuso o que estão fazendo. Um crime que fere a liberdade de expressão. Não ceda e não se renda.

No final, isso só vai servir pra uma coisa: tornar a empresa ainda mais conhecida e angariar um número ainda maior de assinantes.

Esse pessoal precisa entender (e eu postei isso lá no face do pessoal da Suno, ô povinho despeitado!) que a Empiricus é como a Universal (desculpe a comparação): quanto mais batem, mais ela cresce.

Quem tem que fazer esse julgamento são os leitores e, principalmente, assinantes. E pelo número crescente dos que se juntam à casa você já sabe, né: a percepção é positiva.

Viva a liberdade de expressão!

Abaixo á ditadura dos bancos!

Abraço sincero,

 

F. Ribeiro

Bom dia

Sei que meu e-mail de solidariedade será um em meio a milhares, mas bola para frente e estamos juntos.

Você ( e a Empíricus ) possuem uma legião de de amigos ( e não somente clientes satisfeitos ).

Nosso RUMO está mais do que direcionado com vc., não se abale com este pequeno percalço.

Abs e força

Obs: O evento ontem estava excelente, foi muito bom.

 

A. Minamihara

Pra cima deles!Papo reto,direto.Da mesma forma que você sempre nos tratou. Com educação e conhecimento de causa,mas sem aquela lenga-lenga e passada de mão na cabeça.Educar implica em nos tornar mais forte,não em fazer a nossa vida mais fácil!

Continue assim e lembre-se que a árvore que mais da frutos é a que mais leva pedrada. Tamo Junto!!!

 

R. Santos

Bom dia Felipe,

Lamento pela infeliz postura da Apimec e digo que não gostei de ter uma entidade terceira se metendo no meu contrato com vocês

Confio 100% nas posições da Empiricus, mas isso não significa que sigo cegamente tudo o que vocês recomendam, afinal sou maior de idade, vacinado e alfabetizado (se não me engano, condições para assinar a Empiricus e ter conta em corretora independente).

Quem chega a operar em bolsa TEM OBRIGAÇÃO de saber onde está se metendo. Acreditei na tese da RUMO e estou muito satisfeito com os retornos de mais de 100%.

Parabéns pelo excelente trabalho, seu e de toda a equipe, e espero que vocês continuem com a transparência e franqueza de sempre nos relatórios.

Abraços,

 

F. Vendramini

Bom dia!

Não importa o que aconteça. Continue cavando! Coincidentemente esta lendo hoje cedo

O livro de Genesis capítulo 26.

Abs!

 

V. Bueno

Bom dia Felipe

Concordo com suas palavras no Day one

Te apoio

E acho que isso tudo é inveja das suas IDÉIAS

Vc é um gênio e ANTIFRÁGIL, e todas essas polêmicas de fundamentos rasos nos deixam mais fortes !!!!!

Abs

 

A. Rocha

Bom Dia;

Através desta mensagem venho expressar a minha solidariedade a você, Felipe Miranda, em relação à questão que envolve a APIMEC. Sou assinante da “Palavra do Estrategista”; também advogado. . Gostaria de ressaltar que a sua argumentação manifestada no Day One PRO de hoje, dia 08.11, é substancial, clara e encontra total guarida no ordenamento jurídico, maxime o constitucional, deste país. Não existe instância única! Nem na mais

Alta Corte da República existe vedação em aceitar à irresignação de quem nela resultar condenado!

Diante desse flagrante, lamentável e inaceitável ato de injustiça vá em frente! Não se resigne, lute! A Empiricus já realizou muito quanto à transformação do investidor pessoa física no Brasil em alguém mais capaz e assertivo, em especial, quanto ao acesso à informação financeira isenta e de qualidade. É chegada a hora, da mesma forma, de exterminar outras distorções que ainda gozam de alguma sobrevida neste assimétrico mercado. Vamos dar um basta a esses “tribunais” carentes de isenção e plena legitimidade. Afinal, estamos ou não passando todo um país a limpo

#somosfelipemiranda!

Atenciosamente,

 

L. Chaves

Bom dia Felipe.

Primeiramente, respondendo a sua questão, o título do email marketing diz: “veja abaixo como a nossa principal APOSTA para o segundo semestre PODE lhe garantir ganhos extraordinários…”. Não vejo como uma APOSTA que PODE lhe garantir ganhos seja uma garantia de retorno.

Ademais, o relatório deixa claro que é uma recomendação com risco maior do que as normalmente recomendadas.

Isto não tem outro nome: perseguição.

Olha que curioso, você foi julgado pelas instituições das quais você (mais precisamente a Luciana) fala mal (diz a verdade). Como eles podem ser imparciais ou justos?

De toda sorte, eu (e todos os 99.999 assinantes do Palavra) estou a seu lado, pode contar comigo.

A propósito, eu me dei mal com a recomendação de RUMO3 por que não peguei a recomendação no começo e tive um lucro pífio de 100%. Sinto-me extremamente prejudicado por não ter recebido o e-mail na época, vindo a me tornar assinante do

Palavra só mais tarde, já no terceiro trimestre de 2016, rss. É um absurdo esse julgamento. E digo mais, se tivesse uma garantia de retorno (não tem), o retorno aconteceu e dentro do esperado, portanto, não houve prejuízo.

Continuo sendo seu fã.

Forte abraço.

 

R. Floriano

À Apimec

Registro o meu REPÚDIO à decisão dessa entidade de suspender o CNPI do analista Felipe Miranda, da Empíricus.

Como assinante desta empresa, posso afirmar que suas recomendações trazem grandes conhecimentos e benefícios aos seus clientes.

Acredito que essa entidade deveria, antes, suspender o registros de alguns analistas de grandes bancos. Esses sim, prejudiciais aos investidores, ao empurrar “produtos “, de rentabilidade pífia, empurrando-os como “metas” aos seus gerentes de atendimento.

Cordialmente,

 

K. Fantin

Bom dia Felipe, tudo bem?

Li seu e-mail de resposta à Apimec, e mesmo que você não leia minha msg, sinto-me na obrigação de escrever algo que eu sinto.

Acompanho os relatórios, e assino a Empiricus porque acredito no trabalho diferenciado que vocês nos disponibilizam.

Diferente de bancos e instituições financeiras que buscam incansavelmente se aproveitar de nosso dinheiro, vejo em vocês transparência em como investir melhor.

Embora eu ainda seja um leigo em assuntos financeiros, seu material me permite enxergar as possibilidades que eu tenho em investir. No caso de um banco, eu seria direcionado para investimentos oportunas para o Banco, e não para mim. E aí é que está toda a diferença.

Eu investi no ativo da RUMO3 porque li seu relatório e vi sua ordem de compra (na época estava em torno de R$ 7,00 e não R$ 5,00 como você mencionou)… mesmo assim, mesmo com quedas nesta ultima semana, o percentual de ganho é melhor que qualquer investimento de qualquer Banco. Seu relatório sobre a RUMO3, hoje RAIL3 foi muito proveitoso para muitos de seus assinantes.

Embora você esteja afastado temporariamente, só queria enfatizar, que isso não muda em nada a CONFIANÇA, que eu como, seu leitor, tenho em você. Agora, posso dizer, que tenho mais confiança ainda, pois te perseguiram porque você mostrou caminhos muitos melhores que qualquer Banco mostraria.

Parabéns pelo seu trabalho, mantenha-se firme! Você tem meu apoio e com certeza tem o apoio de seus leitores também.

 

B. Hubmaier

Bom dia, Felipe

Em resposta ao teu pedido, a mim resta absolutamente claro que não há como alguém acusá-lo de ter induzido um incauto a alguma suposta aventura arriscada, sem que não o prevenisse dos riscos.

No “link 1” há, em referência à recomendação de RUMO3 (que eu também comprei, graças à recomendação) expressões como “se tudo der certo”, sem contar o texto absolutamente explícito logo dos primeiros parágrafos, falando da possibilidade de multiplicação de capital associada à maior tomada de risco (a famosa ambivalência).

Coalhado de alertas em relação a correr mais riscos como está o texto, a punição da Apimec, ainda mais quando o colegiado “julgador” é formado por aqueles que defendem que a terra é plana, não parece outra coisa que não um tribunal de inquisição de quem continua a vender indulgências, mas que o que entrega é o inferno das altas tarifas, taxas de administração escorchantes, entre tantas malevolências.

Até o presente momento sou absolutamente tranquilo em relação às decisões de investimento que tomo a partir das análises e recomendações que a Empiricus produz, que se refletem nos retornos que tenho obtido, muito superiores aos que teria se fosse me guiar apenas por minha (falta de) análise.

abs

P.S.: e não é que o tal candomblé vegano existe mesmo? Curiosamente topei com uma matéria no UOL hoje que falava dessa onda entre um pessoal do Jardim Europa.

 

R. Diz

A vocês da APIMEC, que sentem inveja da Empiricus:

Sou assinante de vários relatórios da casa, e já ganhei muito com as recomendações (vejam a palavra: recomendações);

Eu não sou obrigado a fazer exatamente o que eles falam. nem obrigado a fazer o que eles falam nos próprios os relatórios. E apesar do markerting agressivo – nas palavras de vocês – somente o ser humano que clica no botão, passa o cartão de crédito e aceita pagar, recebe o relatório, para ai sim, via corretora, efetuar – ou não a operação. Não somos crianças. ninguém foi induzido aqui.

Vamos lá.. não sejam ridículos. tem inveja porque os caras vem quebrando a banca dos grandes bancos… jaja vão querer caçar a Luciana Seabra, que arregaçou todos os fundos de investimentos medíocres. E olha que eu nem assino o produto dela.

Pode suspender. o cara é bom. ele vai voltar e vai recomendar, vai errar e acertar, mas quanto mais vcs bloqueiam, mais a Empiricus cresce e pra ser sincero, cada vez mais eu me identifico com a causa deles.. pois recebi muitas recomendações deles, ganhei mais do que perdi, já declinei inúmeras proposta de outros relatórios e vejo que, analisando minuciosamente (coisa que vcs não fizeram) existem sim entre os anúncios informações a respeito dos riscos e do tipo de pessoa que talvez seja recomendada a operação ou não.

Vcs estão de parabéns pelo circo. pode apostar que mês que vem, vai ter mais gente assinando o que os caras fazem…

Viva o Brasil-latrina que pessoas como vocês e nossos políticos insistem em nos calar.

MAS NÃO VÃO CONSEGUIR AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH

 

E. Andreola

BOM DIA FELIPE:

Pra ser super sincero, não li por inteiro o relatório no qual você relata ter sido suspenso.

Li poucas linhas mas apenas para teu conhecimento, adquiri minhas ações da Rumo em Jan/2017 e mesmo com a forte queda de ontem, minha rentabilidade no preço das ações é de 9,71% ao mês, bem acima de qualquer outro investimento que eu tenho.

Só tenho a agradecer!!

Não se abale, isto que aconteceu contigo, só acontece para quem trabalha duro e se dedica.

O que vale é que você ajudou pessoas a ganharem muito dinheiro, assim como eu, pois acreditei e investi com vontade.

Siga teu caminho e não se abale.

Grande abraço,

 

J. Mancusi

Date: 2017-11-08 10:47 GMT-02:00

Dá-lhe Felipe!!!

Pau neles!!!

Continue assim!!!

Comprei RUMO e estou MUITO feliz!!!

Forte abraço!

José Luiz Mancusi

 

T. Peres

Felipe,

Estamos com você!!! Isso é tudo dor de cotovelo, estão querendo nos calar por estarmos incomodando os grandes players desde o “Fim do Brasil”…

Continue assim…tu é o cara!

Atenciosamente;

 

Ricardo

Felipe,

O que a Apimec fez com você é uma violência, uma atrocidade.

E como vc diz, e eu? EU pago e quero ler a sua opinião, seja lá qual for, mesmo quando é contra o que eu acho. Mas a Apimec me diz que eu não posso fazer isso?

Ridículo total.

Tamo junto!

 

A. Demartini

Bom dia Felipe,

Primeiramente gostaria de elogiá-lo pela satisfação dada a nós seus assinantes com relação a essa situação da suspensão do CNPI. Isso sim é transparência.

Bem, direto ao ponto, se você não pode fazer recomendações embasadas em análises em um material com muitas páginas, como os bancos e corretoras (quaisquer deles) podem fazê-lo em seus relatórios internos sem muitas explicações, inclusive apresentando carteiras recheadas de indicações sem análise uma-a-uma?

Se um simples aviso de risco do tipo “leia o prospecto” resolve, então o caso é simples, mas o caso não é esse.

Infelizmente mais uma vez os oligopólios mostram quem (ainda) dá as cartas. Mas quem sabe não se começa também uma nova onda de mudança nesses aspectos de comando nessas associações de classe? Talvez falte mais voz aos analistas independentes e também às “casas pequenas” de análise.

Não conheço a fundo os aspectos de organização e governança da APIMEC, mas talvez exista alguma forma de balancear essa situação no médio prazo, não? Outros independentes já surgem e vai ver esse tema precise ser comido pelas beiradas. Nada de retaliações futuras, mas por visões e decisões mais balanceadas e saudáveis.

Caso pessoal: eu gosto de small e micro caps. Adquiri o Empiricus Reserva por causa disso. Mas não consigo acompanhar as ordens em tempo real de forma que não fique “prejudicado” pela onda de compra em cada recomendação. Sinto-me prejudicado pela recomendação? Sim. Vou denunciar ou fazer algo do tipo por me sentir prejudicado? Não.

Entendo os riscos, mesmo não tendo avisos e, dada a minha situação, tenho que me adaptar ao produto, suas indicações e as reações do mercado. Ou fico na poupança e CDB. Ou, ainda, o mercado de ações é feito somente para os qualificados e bancos?

E pensar que há elogios e indicações de compra para ITSA4, ITUB4 e às vezes para BRAPx (empresas dos citados na carta de hoje). Isso sim é separar o pessoal do profissional.

Abraço e força!

Não tem tempo para ler agora?

Envie o conteúdo Manifestações de Apoio à Empiricus pelos leitores para seu e-mail e leia mais tarde.

*Importante: O endereço de e-mail informado deve ser válido para que você possa receber o artigo em sua caixa de e-mail, bem como nossos conteúdos gratuitos sobre investimentos.
[class^='dclk_']
[class^='dclk_']
[class*='dclk_']
[class*='dclk_']
[id^='dclk_']
[id^='dclk_']
[id*='dclk_']
[id*='dclk_']
[class^='dclk_']
[class^='dclk_']
[class*='dclk_']
[class*='dclk_']
[id^='dclk_']
[id^='dclk_']
[id*='dclk_']
[id*='dclk_']