Gianetti diz que controle de preços é “danoso” e que tripé econômico está fragilizado

Durante sua apresentação a investidores nesta manhã, Gianetti não falou em medidas pontuais e procurou fazer apenas um diagnóstico da situação da economia brasileira.

“Vivemos a partir do segundo mandato de Lula uma piora consistente na política econômica”, disse ele, referindo-se ao governo de 2007 a 2010 do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Sobre o nível dos gastos públicos, Gianetti afirmou que existe margem para um “um pouquinho” de ajuste fiscal no curto prazo. “O Estado brasileiro não cabe dentro do PIB brasileiro”, afirmou, sem entrar em detalhes.

Apesar do quadro difícil, ele avalia que a situação da política econômica brasileira “é ruim, mas não é desastrosa”.

“A capacidade de reação da economia brasileira é forte”, disse, defendendo um “choque crível de credibilidade” do próximo governo. “Temos plena condição de retomar em 2015 a tendência de crescimento”, completou.

O economista saiu rapidamente do evento, dizendo não estar autorizado a falar em nome da campanha neste momento.

Fonte: Reuters

Conteúdo relacionado