20 fundos DI ruins pra caramba

Esqueça de vez a poupança. Você deve trocá-los por um fundo DI barato.

20 fundos DI ruins pra caramba

Beber cachaça ao acordar é pior do que fumar três cigarros. Você já se deparou com essa notícia? Ou comer pizza todos os dias é pior do que comer hambúrguer. E por que o noticiário de investimentos insiste com: fundo DI com taxa 2 por cento ao ano é pior do que poupança?

Entre uma alternativa ruim e uma péssima, fique com a ruim – diz o jornal. E que tal buscar a boa?

A melhor alternativa ao fundo DI caro não é a poupança, caro investidor. É o fundo DI barato. Simples assim.

 

Colocar sua reserva de emergência em fundo DI caro é pior do que gastar com chocolate, pior do que deixar tudo na barraca da pescaria – os dois pelo menos trazem felicidade – e, sim, também pode ser pior do que deixar dinheiro na poupança.

O problema dessa comparação é aonde ela leva sua mente: de volta à caderneta e não para o fundo DI barato.

Poupança versus fundo DI caro virou campeonato. Ganha a poupança, agora o fundo DI, passa para a poupança, de volta ao fundo DI… E você ali no meio, perdido. Que tal escolher um time que sempre ganha?

Existem fundos DI que perdem para a poupança? Sim. Eram 5 de um total de 210 em maio do ano passado. Em maio deste ano, eles já tinham crescido para 20. Quando a Selic chegar a 8,5 por cento, como projeta o mercado no relatório Focus, do Banco Central, serão por volta de 65.

Nossa, a poupança cada dia melhor, hein?

Não! A farsa do fundo DI caro está se revelando. Os juros brasileiros são tão altos que o banco tem conseguido ganhar um monte com taxa de administração e ainda deixar um pouquinho para você. À medida que os juros caem, o pedaço do banco segue intacto e o seu encolhe.

Fundo DI de taxa 2 por cento ao ano perde sim para a poupança. Antes, entretanto, perde para o bom senso. Por que eu vou investir em fundo de taxa 2 por cento, se tenho acesso a fundo de taxa 0,2 por cento? Fim.

Veja se seu fundo DI está na lista abaixo. Se sim, ele perde para a poupança, mas o que importa mesmo é que ele é ruim pra caramba. Seja qual for a meta para a Selic hoje, amanhã ou daqui a cinco anos, você deve sair dele agora mesmo. Tão simples quanto isso.

Está gostando desse artigo?Insira seu e-mail e comece já a receber nossos conteúdos gratuitos

Você tem menos de 10 mil reais para investir e busca um fundo DI com taxa de até 1 por cento ao ano?

Existe sim! Em três plataformas de varejo – BTG Pactual Digital, Órama e XP – com taxa 0,2 por cento ao ano e aplicação mínima entre 1 mil reais e 3 mil reais.

Para você que ainda é apegado a banco, tem também na Caixa Econômica Federal, com taxa de 0,7 por cento ao ano e tíquete de entrada de 2.500 reais. E ainda no Banco do Brasil você consegue um fundo DI com taxa de 1 por cento ao ano e aplicação mínima de 10 mil reais.

Sim, mapeamos a indústria inteira. Junte-se a nós que ensino você a encontrar o destino mais barato e seguro para sua reserva de emergência.

 

Impossível não premiar a estratégia de marketing dos bancos.

Extra, Hiperfundo, Prêmio, Safira, Ecomudança, Golden, Supremo, Advantage, Super, Sênior…

Belos nomes para fundos DI de taxa 2 por cento a 5 por cento ao ano – sendo o campeão o dono do pomposo adjetivo Classic – que conseguem perder até para a pobre da poupança.

Haja marketing do bem para fazer frente a tanto marketing do mal.

Já saiu?

Peça o saque agora do fundo DI caro. Destino: fundo DI barato.

Um abraço,
Luciana Seabra.

Conteúdo relacionado