Devo investir nos fundos de Petro e Vale?

Veja a resposta que todo leitor da Empiricus quer saber

Devo investir nos fundos de Petro e Vale?

“Alf Ribeiro / Shutterstock.com”

É para presente? – pergunta a vendedora da loja de sabonetes enquanto separa uma linda lata com estampa retrô ao módico preço de 15 reais. A lata não lava, não limpa, não perfuma. E custa mais que o sabonete. Não, obrigada! Pode colocar na sacolinha de papel mesmo.

Investir em fundos de Petrobras e Vale equivale a comprar sabonete em lata cara. Aliás, nos últimos cinco anos, seria melhor ter deixado o conteúdo do pacote para trás também.

Essa tem sido uma pergunta recorrente dos nossos leitores:

Tenho acompanhado as dicas de vocês. Minha dúvida é: é uma boa hora de comprar o FIA Petrobras? Pois ele vem rendendo muito mais que outros. E na opinião de vocês, qual é a tendência desse fundo para os próximos meses?
M. Anto.

 

Quanto você está disposto a pagar pela lata?

O que o gestor faz em um fundo de Petrobras? Compra ações da estatal na bolsa e carrega. E no de Vale? Faz o mesmo com a mineradora. Simples assim. Quanto vale esse serviço?

Fiz um levantamento dos fundos de Petrobras e Vale. Desconsiderei os que foram criados para receber aportes do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço). Esses são um caso à parte e ficam para uma próxima vez.

Chegamos a 36 fundos. Pode parecer óbvio para alguns, mas é importante falar do assunto, uma vez que essas carteiras somam 2,96 bilhões de reais, de 315.127 investidores.

Alguns deles são dignos de pisar no calçadão da fama do Esquadrão Bancário da Taxa Abusiva. Espie só:

Fonte: Quantum Axis

 

É justo entregar mais de 2 por cento de seu patrimônio ao ano para um fundo em que o gestor tem trabalho zero em selecionar ações? Vou ajudar você a responder a essa pergunta.

A gestora de ações mais admirada do mercado é a Dynamo. O Cougar, fundo mais famoso da casa, existe desde 1996 e fechou somente dois anos com prejuízo, 1998 e 2008. Em 11 dos seus anos de vida, alguns dos quais péssimos na bolsa local, rendeu mais de 20 por cento. Infelizmente, o fundo não recebe mais investidores.

E quanto essa equipe excepcional cobra de taxa de administração por ano para selecionar as melhores ações do mercado e acompanhar de perto para saber o momento de comprar mais ou vender? Os mesmos dois por cento. Que tal?

Já Imaginou Multiplicar Seu Patrimônio Por 45x?

É o que aconteceu nos últimos anos com quem investiu nos melhores fundos de ações.

A boa notícia é que algo semelhante está prestes a acontecer agora…

…e você precisa agir IMEDIATAMENTE se quiser participar deste movimento.

QUERO MULTIPLICAR MEU PATRIMÔNIO AGORA

 

Por que não comprar sozinho?

Os bancos têm uma margem de lucro absurda sobre esses fundos e não precisavam cobrar tão caro para empacotar uma ação. Fato. Acontece que, como algumas corretoras têm preços elevados, às vezes para aplicações muito pequenas, o fundo leva vantagem.

Um exemplo para ajudá-lo a fazer as contas, considerando que irá comprar a ação e carregá-la por um longo período (sem pesar o custo de compra e venda, que serão diluídos). A corretora que cobra 15 reais de custódia a cada 12 meses vale mais a pena do que o fundo que leva 4 por cento de seu patrimônio todos os anos se você for investir mais que 375 reais.

Um fundo que cobra 3 por cento ao ano só faz mais sentido do que comprar a ação nessa corretora se você for aplicar menos de 500 reais. Assim, o fundo Itaú Petrobras, com taxa de 3 por cento e aplicação mínima de 20 mil reais, por definição, não deveria existir.

Um fundo com taxa de 1,5 por cento ao ano, caso de um terço na minha lista, só faz sentido se você for investir menos de mil reais.

Como fazer a conta sozinho? Divida a taxa da corretora pela taxa de administração do fundo convertida para número (3 por cento = 0,03).

Recomendação? Se você quer comprar Petrobras e Vale, nem fundo caro nem corretora cara. Procure uma corretora que o respeite e cobra uma taxa de custódia decente.

Está gostando desse artigo?Insira seu e-mail e comece já a receber nossos conteúdos gratuitos

E ainda tem o Leão…

É bom lembrar que vendas mensais de até 20 mil reais investidos em ações diretamente são isentas de imposto. No caso do fundo, incidem sempre os 15 por cento sobre o ganho, independentemente do valor de resgate. Mais um motivo para não comprar uma única ação embalada para presente.

Mas, e o retorno?

Já disse que a rentabilidade no ano é um péssimo guia para avaliar um fundo. As carteiras de Petrobras e Vale são um ótimo exemplo disso. Vamos ampliar essa janela?

Fonte: Quantum Axis. Até 1o de setembro.

Fonte: Quantum Axis. Até 1o de setembro.

A não ser que você tenha escolhido muito bem a hora de entrar, provavelmente perdeu dinheiro nesses fundos. Foram cinco anos sucessivos de muita destruição de valor. E você vai entrar agora que o retorno está no retrovisor?

E que tal o recheio?

Minha praia aqui, você sabe, é selecionar fundos, não ações, mas vou recorrer à nossa equipe de análise para não deixá-lo sem um norte sobre Petrobras e Vale.

Para Petrobras, nosso especialista é o Carlos Herrera. No começo da semana, ele listou investidores estrangeiros realizando ganhos nas ações de Petrobras. E defendeu que até pode ser que haja um fluxo de notícias aparentemente boas no curto prazo, mas que o nível de contingências da petroleira é muito alto. E quem corre o risco de pagar o pato, conclui o analista, é o acionista minoritário.

Sobre a mineradora, o Ricardo Schweitzer citou o VP de análise de mercado da BHP Billiton, que alertou para a perspectiva de queda do preço do minério de ferro pela entrada em cena de novas capacidades, dentre as quais, a de um projeto da própria Vale.

Ele diz ainda que a demanda dos gigantes chineses por minério tende a recuar com a aproximação do inverno. Já vendeu suas ações da Vale? – é a pergunta final do meu amigo, de sobrenome impronunciável.

Que tal transformar 2 mil em 160 mil reais?

Isto é possível e, melhor, sem expor seu patrimônio a riscos desnecessários…

Conheça o Código Secreto da Multiplicação de Capital, que tem gerado lucros gigantescos a um número restrito de pessoas.
QUERO MULTIPLICAR MEU DINHEIRO

NO FUNDO, NO FUNDO

 A coluna quinzenal que o deixa por dentro do mercado

Só com reza braba

Nossasinhora, vou ver se aproveito o feriado pra ir na missa… Tô muito fechado!
Jorge N.

 

Morri de rir do e-mail do Jorge na véspera do feriado. O coitado está em uma saga por um fundo de ações decente (daqueles em que o gestor de fato seleciona ativos na bolsa).

Ele adoraria ter o Dynamo Cougar (quem não?), mas está fechado. Correu atrás da reabertura dos fundos da SPX, mas a fila está grande. Aí recorreu ao Ibiuna Ações, também uma recomendação nossa. E eu tive que contar a ele que também acabou de fechar…

Ibiúna Ações é a segunda de nossas recomendações; e quem não correr não conseguirá aproveitar. O Garde D’Artagnan, um multimercado, já não recebe mais investidores. Mas, não se desespere, Jorge, há pelo menos outros seis bons multimercados e quatro bons fundos de ações nas recomendações aos assinantes abertos. E a caça continua.

 

Eu e o Felipe Miranda concordamos que fundo com uma ação só não faz sentido, mas ainda discutimos diariamente a capacidade de um gestor conseguir retorno acima do mercado ao selecionar ações.

É uma autocrítica, na realidade. O Felipe se questiona se teve sorte até hoje ou se realmente tem uma habilidade especial para escolher bons ativos. Acredito na segunda opção, assim como acredito que há gestores capazes de gerar um retorno diferenciado sobre o Ibovespa com um bom trabalho de seleção de ações.

É o caso do Cota Cheia do hoje, um gestor ativo de ações com um dos melhores desempenhos do ano: a Guepardo. O fundo Escalonado rende 44 por cento no acumulado de 2016. Puxaram o retorno as ações de Gerdau, JSL e Randon, assim como Duratex, que já não está mais no portfólio.

O Escalonado é recente, mas acessa a mesma carteira de ações dos tradicionais fundos da casa. A Guepardo foi bastante penalizada com resgates no ano passado, sob o peso do prejuízo de 36 por cento no fundo principal (se você sacou, pode se arrepender agora), mas tem um histórico robusto. Desde 2004, quando foi criado, o Guepardo FIC FIA rende 1.109,58 por cento, contra 147,36 por cento do Ibovespa no período.

A criação do Escalonado, o único fundo da casa aberto para captação, é um exemplo de responsabilidade da Guepardo com o passivo. Depois de pedido o resgate, o dinheiro é devolvido em seis parcelas mensais (e continua rendendo ao longo desse período, obviamente).

O formato dá tempo ao gestor para vender ações com calma, o que lhe permite aplicar em papéis de menor liquidez, se houver alto potencial de retorno. Quem ganha é o investidor.

A gestora avisa: o fundo é um investimento para o longo prazo. Aventureiros de curta viagem não são bem-vindos.

 

Não vou resistir em dedicar o Cota Murcha da quinzena aos fundos do Santander que cobram 4 por cento ao ano do cliente para empacotar ações da Petrobras e da Vale. O banco tem os dois fundos mais caros da indústria dedicados a uma única ação. O Santander Petrobras 2 e o Santander Vale 2: somam milhões de reais, de 11.909 investidores.

 

Te conheço?

 Gasto boa parte das minhas horas explicando o que é a Empiricus para o mercado financeiro. O investidor já conhece. Mas, para os gestores de recursos e distribuidores, nós ainda somos o grande mistério que fala uma língua diferente, não aceita comissão de ninguém e, incrível, movimenta os mercados e gera fluxos.

Se você conhece alguém que ainda não entendeu a Empiricus, recomende o curta-metragem Contragolpe. Vai poupar sua saliva.

Um abraço!

Luciana Seabra.

 

 

Leituras sugeridas:

:. Imóveis ou ações, qual é melhor?

:. SEU DINHEIRO PRECISA URGENTEMENTE DE UM MÉDICO

 

Analistas responsáveis: Felipe Miranda, CNPI, e Walter Poladian, CFP®.

Conteúdo relacionado