Superprevidenciazinha

O melhor investimento para seus filhos

Superprevidenciazinha

Eu sou a única a me sentir atraída por aquelas papinhas de frutas em vidrinhos? Acho apetitosas. Já quase comprei várias vezes. Na minha época era bem diferente. A minha mãe amassava a banana na hora mesmo e raspava a maçã com um filho pendurado em cada braço. E ai de quem não abrisse a boca.

O site do supermercado mais próximo me conta que, além de não ter glúten (jura?), um quilo de maçã custa 3 reais e 66 centavos. Mas e se somente 120 gramas dela estiverem amassados dentro de potes de vidro fofos com desenho de animais? Então o preço sobe para 4 reais e 29 centavos!

As previdências voltadas para as crianças também têm seus rótulos criativos. Nos bancos, elas levam o nome de Júnior, Primeira Previdência, Crescer, Infantil, Primeiros Passos… Romântico, não?

Levantamos 182 planos de nomes fofos distribuídos pelos bancos no Quantum Axis. Conclusão: é provável que você esteja pagando caro demais pela embalagem.

A taxa de administração de 81 desses planos de previdência supera os 2% ao ano. O custo alto está claramente prejudicando a construção de patrimônio para seus filhotes. O mais rentável deles entregou 82% do CDI nos últimos cinco anos. E o menos, 23%!

A verdade é que grande parte desses planos investe somente em títulos de renda fixa, usando o receituário que deveria estar restrito a investimentos de curtíssimo prazo às aplicações de quem tem muito tempo pela frente: seus rebentos.

Para o longo prazo, seu filho precisa de um portfólio inteiro, não de somente um plano, quanto mais de renda fixa. Por isso, lutei pela reabertura da SuperPrevidência, um mix dos sete melhores planos de previdência existentes no mercado.

Em tempos normais, você precisaria de 20 mil reais por mês para ter acesso a essa carteira. Em uma janela de pouco mais de um mês, você vai conseguir contratá-la por 1 mil reais por mês ou por meio de uma única aplicação de 10 mil reais.

E o melhor: você pode contratar por uma seguradora – extremamente sólida – ou por três corretoras diferentes. Eu, você sabe, não ganho comissão de nenhuma delas. Sou remunerada somente por você, que assina o relatório para conhecer os melhores produtos do mercado.

Peço pressa, porque a última janela da SuperPrevidência durou três meses e, para nosso orgulho, milhares de pessoas contrataram, mas muitas deixaram para a última hora e perderam o prazo. Agora, o período será ainda mais curto: de pouco mais de um mês.

O plano de previdência que eu proponho para o seu filho é exatamente aquele em que eu invisto. Sem embalagens fofinhas. Nem gosto de falar, porque o mercado e a sorte ajudaram muito, e o retorno passado nada diz sobre o futuro, mas o fato é que minha SuperPrevidência rendeu até aqui 173,95% do CDI.

É tudo muito prático, com débito em conta todos os meses. É o tíquete para que seus filhotes possam estudar fora do país, fazer uma grande viagem, comprar um carro, ou realizar qualquer sonho que eles tiverem.

É de gente grande mesmo. Mas, se isso ajuda a animar você, vou chamar de SuperPrevidenciazinha.

O objetivo do Brasilprev Júnior, expresso em seu site, é que você tenha a oportunidade de formar uma reserva para a realização do projeto de vida que sonhou para seu filho, sobrinho ou neto. Para isso, você contribui até os 21 anos dele.

Mas o que encontrei foram oito planos com taxa de administração de 3,4% ao ano. Os melhores fundos multimercados e de ações da indústria cobram, no máximo, 2% ao ano!

O custo alto se reflete em retornos muito fracos. Vamos avaliá-los em uma janela longa, de cinco anos, para sermos justos. A rentabilidade do pior deles no período é de 37% do CDI. E, do melhor, de 63% do CDI.

Lamentável. Cinco anos de acúmulo de patrimônio do seu filho desperdiçados.

Está gostando desse artigo?Insira seu e-mail e comece já a receber nossos conteúdos gratuitos

Ações e títulos públicos, desde que a taxas baixas, podem ser bons investimentos para seus pequenos. Por que você escolheria uma previdência? Posso listar pelo menos três motivos tributários:

– Se seu filho for seu dependente, você pode deduzir o dinheiro que investiu em uma previdência para ele do Imposto de Renda (até o limite de 12% da sua renda bruta tributável), desde que faça a declaração completa e escolha um PGBL.

– Mesmo que faça a declaração simples de IR, você pode escolher a tabela regressiva para seu plano, de tal forma que ele só vai pagar 10% de imposto quando for usar o dinheiro, desde que daqui a mais de dez anos.

– Ao contrário dos fundos tradicionais de renda fixa e multimercados, não há na previdência cobrança de come-cotas, aquela antecipação semestral de Imposto de Renda.

 

MELHOR CORRER

Sim, previdência pode ser um bom investimento para os pequenos! Vou encerrar com um agradecimento ao leitor que nos despertou para essa possibilidade:

Depois de investir na SuperPrevidência para mim e minha esposa, fiquei pensando em meus filhos, que têm 3 anos de idade. Grande parte das pessoas quer uma aposentadoria tranquila e deixar os filhos bem encaminhados e com uma certa segurança nesse mundo. Saber que, com pequenas parcelas, você estará deixando seu filho com uma renda muito boa praticamente por uma vida toda, transmite muita paz para nós que somos pais.

Eduardo J.

Conteúdo relacionado