Meu banco é Van Gogh, mas o fundo é Romero Britto

Veja se o produto em que investe é um dos que rende uma merreca do CDI

Compartilhe:
Enviar link para o meu e-mail
Meu banco é Van Gogh, mas o fundo é Romero Britto

Modelo de sucesso para mim era ser Personnalité. Assim que me tornei uma trabalhadora do Brasil, com carteira assinada, passei a sonhar com uma daquelas agências de vidros escuros, em que o gerente, com um sorriso, ofereceria um espresso acompanhado de fundos baratos e rentáveis.

Pelos caminhos da conta salário, acabei virando Van Gogh. Aquela noite sonhei que ia a um restaurante e o garçom perguntava: Visa ou Mastercard? E eu respondia: hoje vou pagar com Visa Platinum Van Gogh. Puro orgulho.

Fui logo atrás de um fundo DI. Estava formando minha reserva de emergência. Veio a decepção. No Van Gogh, para ter acesso ao fundo DI de menor taxa, 1 por cento ao ano, é preciso investir 100 mil reais.

Subindo mais um degrau na escadinha do Santander, pensei, viro Select. Vi a oferta. Também lá precisaria investir 100 mil reais em um fundo DI para pagar 1 por cento.

Em terra de Santander, quem tem taxa de 0,7 por cento ao ano é rei. É o mínimo a que se chega na alta renda.

Àquela época, com menos de 30 mil reais em um fundo DI, me conformei em pagar 2 por cento ao ano para o Santander.

Hoje, que tenho acesso a informação, acho aquilo um absurdo. Sigo usando meu Visa Platinum Van Gogh, confesso, mas, para fundo DI, prefiro um de taxa 0,2 por cento ao ano, que encontrei em uma plataforma on-line de fundos. Um décimo do preço com só 3 mil reais de aplicação mínima.

Ser Van Gogh não é tão legal quanto parecia.

Cresci e desenvolvi uma paixão pelos multimercados. Quem sabe o segmento de alta renda dos bancos é melhor aí?

Fiz uma pesquisa no Quantum Axis e descobri que não.

Você está no BB Macro Estilo? O fundo foi criado em 2003 e tem 3.313 cotistas. O retorno acumulado desde então é de 49,76 por cento do CDI.

O Itaú Personnalité tem um trio de multimercados criado em 2002. O arrojado rende 70,7 por cento do CDI desde a criação. O moderado, 70,8 por cento. E o agressivo, 69 por cento. Que trio!

Se eu corro risco em um multimercado, espero que ele supere o CDI no longo prazo. E em muito. Está aí um dos meus multimercados preferidos, Kapitalo Kappa, fechando hoje para novos investidores com retorno de 123 por cento do CDI desde a criação, em 2010.

Desde a recomendação, ultrapassa 180% do referencial. Aí sim.

Conta pra mim?

Você é Itaú Personnalité, Bradesco Prime, Santander Select ou Banco do Brasil Estilo? Quero saber a sua experiência como cliente. O gerente tem oferecido bons produtos? Escreva para mim no luciana.seabra@empiricus.com.br. Vou ler um a um.

Se você é um cliente de alta renda e investe em ações via um fundo do seu banco, sugiro que confira o retorno histórico.

Fiz um levantamento no Quantum Axis somente com produtos com mais de cinco anos de vida e fiquei assustada.

Existe uma espécie de fundo chamada Ibovespa Ativo. O objetivo de vida do gestor é um só: superar no longo prazo o principal índice da Bolsa brasileira.

Há um fundo chamado Bradesco Prime Ibovespa Ativo que se enquadra nessa espécie. Quanto ele rende desde 2003, quando foi criado? 99,55 pontos percentuais abaixo do Ibovespa.

Se 13 anos não são longo prazo suficiente, tem também o Itaú Personnalité Ibovespa Ativo. Criado em 1992, ele rende 260 pontos percentuais abaixo do Ibovespa.

Uma defasagem absurda em relação ao índice. Se tivesse investido em ETF de Ibovespa, você teria gastado bem menos e empatado com o índice.

 

Está gostando desse artigo?Insira seu e-mail e comece já a receber nossos conteúdos gratuitos

Quero mais

Sabe o que me instiga a colocar a boca no trombone? Definitivamente não é porque eu gosto de ser odiada pelos bancos. Esse é o preço que pago.

Acontece que eles têm fundos bons, de gestores independentes, oferecidos aos clientes do private banking, uma camada acima de riqueza. É só o banco apertar um botão e mandar descê-los.

Depende de quê? De eu e você recusarmos o produto ruim.

Abraço,
Luciana.

Links Recomendados

:. Dando nome aos bois

:. Só uma conselheira escapou

:. RECEBA COMO UM FUNCIONÁRIO PÚBLICO FEDERAL SEM PRESTAR CONCURSO

Conteúdo recomendado