Carta a um finlandês, pelado, numa noite de inverno

Você pode até se tornar milionário desprovido de seguros, assim como um finlandês pode dar um passo para fora de casa, pelado, numa noite de inverno.

Compartilhe:
Enviar link para o meu e-mail
Carta a um finlandês, pelado, numa noite de inverno

Se você acompanha rotineiramente as análises da Empiricus, certamente já nos ouviu falando sobre seguros e proteções financeiras.

A rigor, tratamos disso diariamente; proteções são servidas a cada manhã, pelo Felipe, no Day One.

Mas a Empiricus não prefere falar APENAS sobre como ficar milionário?

Veja, não há como ficar milionário sem a ajuda de proteções financeiras.

Você pode até se tornar milionário desprovido de seguros, assim como um finlandês pode dar um passo para fora de casa, pelado, numa noite de inverno.

No entanto, você dificilmente conseguirá ficar milionário por muito tempo sem as devidas proteções. Ou o finlandês volta rapidamente para dentro de casa ou acabará morrendo congelado.

Assim, educado por um clima gélido, todo bom investidor finlandês sabe que proteções servem basicamente para duas coisas:

1 – Salvaguardar a riqueza que você construiu até aqui.
2 – Financiar a construção de mais riqueza a preços módicos.

O segundo ponto costuma passar despercebido, já que seguros são imediatamente associados a posturas estritamente defensivas.

No entanto, não é difícil perceber como eles podem ser usados também para multiplicar patrimônio.

Apresento aqui um exemplo contemporâneo, recém-aplicado por assinantes da Empiricus.

Duas semanas atrás, Mikko Laukkanen aproveitou o contexto de volatilidade global em um piso histórico e, seguindo as recomendações do Felipe no Carteira Empiricus, montou uma proteção comprada em volatilidade, por 3.000 dólares.

Poucos dias depois (e não haveria como imaginar isso), estouraram as discussões entre Coreia do Norte e Donald Trump, levando aquele seguro contra volatilidade a um novo patamar, agora avaliado em 8.400 dólares.

Enquanto isso acontecia com a proteção de Mikko, praticamente todas as Bolsas mundiais caíam.

Mikko poderia ter usado seus 3.000 dólares para comprar algumas ações caras no pré-Coreia.

Agora, ele pode usar 8.400 dólares para comprar muitas ações baratas.

Por meio de sua proteção, Mikko Laukkanen financiou a construção de mais riqueza a preços mais vantajosos.

Eis a prova matemática.

Está gostando desse artigo?Insira seu e-mail e comece já a receber nossos conteúdos gratuitos

Não precisamos ter nascido na Finlândia para investir nesse tipo de seguro.

As newsletters e relatórios da Empiricus são escritos em português simples, claro e inteligível.

Até a próxima,
Rodolfo Amstalden

Conteúdo recomendado