5 maneiras de reagir – e sair por cima – caso seu pedido de aumento seja recusado

Se aproveitar a situação seguindo nossas sugestões, você ficará surpreso como sua vida profissional pode melhorar

5 maneiras de reagir – e sair por cima – caso seu pedido de aumento seja recusado

Caro leitor,

Ao longo dos anos tive a desconfortável tarefa de recusar pedidos de aumento de salário a vários funcionários.
A maioria ficava amuada e sumia, mas alguns aproveitavam a experiência para refletir e reagir.
Eles não pensavam em si mesmos como fracassados e não deixavam que eu pensasse dessa forma.
Se recusarem seu pedido de aumento, discutir não levará a nada.
Mas, se aproveitar a situação seguindo nossas sugestões, você ficará surpreso como sua vida profissional pode melhorar.

1. Agradeça a seu chefe

Sim, agradeça. Se não conseguiu o aumento que queria, há boas chances de não o ter merecido. Se você for como a maioria das pessoas, será bastante difícil.
Mas, se pensar objetivamente sobre seu desempenho, questionando-se: “Sempre cheguei cedo?”; “Trabalhei até mais tarde?” e “Fui ávido, cheio de energia e prestativo?” – você provavelmente enxergará seu desempenho real: menos que estelar.
Se agradecer seu chefe por fazê-lo enxergar a realidade, ele ficará surpreso e prestará mais atenção em você. Se, além de agradecer, prometer se esforçar mais, ele prestará mais atenção ainda.

2. Chegue mais cedo

Não há nada mais impressionante que chegar antes do horário para mostrar que leva o trabalho a sério. Meia-hora é suficiente. Se possível, chegue antes de seu chefe. Chegue mais cedo e certifique-se que seu chefe saiba disso.

3. Trabalhe mais

Não importa o quanto você se esforçou até agora, ainda não foi suficiente para estabelecê-lo como nº 1 do seu departamento. Chegar mais cedo e concentrar-se totalmente no trabalho demonstrará seu propósito.
Com o passar do tempo, as horas-extras e a energia que gasta no escritório resultarão em mais habilidade, mais conhecimento e – provavelmente – mais dinheiro.

4. Aperfeiçoe-se

Aproveite cada oportunidade que tiver para aprender mais sobre seu trabalho. Faça todos os programas e cursos oferecidos pela empresa.
Se houver um curso interessante e a empresa não quiser pagar por ele, pague-o você mesmo. (E faça com que seu chefe fique sabendo disso).

5. Ajude seu chefe a planejar seu futuro

Algumas semanas após a mudança de hábito no seu trabalho, marque uma reunião com seu chefe. Ele pode achar que você quer pedir um aumento mais uma vez. Assegure-o de que não é nada disso.

Quando conseguir falar a sós com ele, reforce sua gratidão pelo alerta, informe-o sobre as mudanças e progressos que fez e pergunte o que mais poderia fazer para melhorar. Não peça nada em troca. A satisfação no trabalho deve parecer seu único interesse.

Essa é uma abordagem radical.
95% das pessoas que lerem esse artigo nunca tentarão.
Talvez você seja a exceção. Se for, terá grandes resultados.
Seu salário aumentará em seis meses ou menos – e continuará aumentando.
Antes que perceba, estará em outro nível. Tão importante quanto o aumento de salário – talvez mais importante ainda – é que sua satisfação no trabalho disparará.
Você gostará mais do seu emprego porque será melhor nele – e todos a sua volta perceberão, inclusive seu chefe.

 

CR amarelo

 

Um abraço,

 

Conteúdo relacionado