Acabe com o medo do fracasso

Descubra como realizar o sonho de abrir o próprio negócio minimizando os risco de falhar

Acabe com o medo do fracasso

Hoje, falarei sobre um medo financeiro em específico: o medo de começar um negócio. Quando escritores sobre o mundo dos negócios falam do por que tão poucas pessoas se tornam empreendedoras, eles citam “medo do fracasso” como o desafio nº 1.

Eu concordo. O medo do fracasso é um fator verdadeiro. Mas, para superá-lo, você precisa entendê-lo em termos mais específicos.

Quando fico apreensivo em relação a um novo empreendimento, não estou preocupado com algo tão abstrato quanto o “fracasso”.

Está gostando desse artigo?Insira seu e-mail e comece já a receber nossos conteúdos gratuitos

Tenho três grandes preocupações: me preocupo de não ter conhecimento ou as habilidades necessárias para ser bem-sucedido. Eu me preocupo em perder todo o tempo e o dinheiro que investirei. E me preocupo com o que as pessoas vão pensar se o negócio não der certo (principalmente aquelas que duvidaram de minha ideia).

Seth Godin, escritor best-seller, fala sobre o primeiro tipo de medo. Ele diz que a maioria das pessoas que compra livros sobre empreendedorismo sai do campo dos sonhos porque, “lá no fundo, não acredita que é capaz”.

Meu primeiro livro – um presente para você

Criando Riqueza: Um Guia Prático de Investimentos e Finanças Pessoais para Leigos

SOLICITE AQUI SEU EXEMPLAR GRATUITO

 

Não sei se esse é o medo mais comum quando se trata de abrir um negócio. Gostaria que fosse, mas acho que muitos empreendedores têm o problema oposto.

Eles não percebem que realmente não são capazes.

Se você tem esse medo, deve respeitá-lo… porque em nove de cada dez vezes ele é válido.

Minha regra nº 1 de construção de riqueza é investir apenas no que conheço. Se você duvida de que tenha os recursos ou os conhecimentos adequados, é porque provavelmente não os tem.

A solução para esse medo é deixar o plano em espera e adquirir experiência para descobrir o que você precisa saber.

Caso seu medo seja a vergonha do fracasso, você pode – e deve – continuar. Imagine o pior desfecho possível e se imagine lidando bem com a situação.

Outra coisa que você pode fazer é praticar a humildade quando anunciar sua nova empreitada.

Em vez de se gabar de todo o dinheiro que terá, tente um pouco de humor depreciativo. “Provavelmente é uma péssima ideia, mas vou tentar.”

Identificamos as Melhores Ações para você ter AGORA

Selecionamos 11 oportunidades raras de lucro na Bolsa, entre os mais de 300 papéis do pregão. Não há mais tempo a perder.

CLIQUE AQUI PARA CONHECER AS MELHORES AÇÕES

 

Se você tem medo de perder seu tempo e seu dinheiro, precisa seguir o protocolo que elaborei no The Reluctant Entrepreneur (O Empreendedor Relutante, sem tradução no Brasil).

Veja os principais passos:

  • – Mantenha seu emprego atual e todas as suas fontes de renda extra.
  • – Comece o negócio em casa e em seu tempo livre.
  • – Passe os primeiros dias criando um pequeno plano de negócios. Identifique seu produto e saiba por que você acredita que pode vendê-lo. Faça uma lista de mídias nas quais você pode anunciar. Faça uma rápida análise de custo/benefício. O plano não deve ter mais de quatro páginas.
  • – Passe as próximas semanas ou meses gastando o menos possível e testando a “estratégia ótima de vendas” – seu plano de vendas do produto: como o posicionar, quanto cobrar, onde anunciar e que tipo de copywriting utilizar.
  • – Encontre um espaço no mercado para testar sua estratégia de venda de forma barata. Caso seu objetivo seja varejo, você pode tentar vender seu produto aos domingos em uma feira de produtos.
  • – Crie uma projeção de fluxo de caixa que permita que você expanda o mercado caso os testes iniciais sejam positivos.
  • – Se possível, consiga alguém para ser seu mentor – um empresário aposentado disposto a ensiná-lo tudo o que você precisa saber e disposto a encorajá-lo a tomar os passos necessários.
  • – Quando o negócio começar a crescer, leia Ready, Fire, Aim (Preparar, Fogo, Apontar, sem tradução no Brasil), meu livro sobre o assunto. Isso lhe dará os detalhes de que você precisa para germinar seu negócio e fazê-lo crescer até os US$ 100 milhões (e muito mais) em receita anual.

As dicas de Mark Ford para investir durante a crise:
Confira a segunda parte da entrevista em que ele explica como ganhar dinheiro em tempos difíceis. Veja o que fazer.

 

Medo é uma emoção boa e útil. Empreendedores de sucesso não negam isso. Eles o superam com bom senso e cuidado dando pequenos passos e fazendo a prova da “estratégia ótima de venda” antes de arriscar mais e de crescer.

Se você tem o que é preciso, não deixe que o medo da vergonha ou o medo de perder tempo e dinheiro fique em seu caminho. Mantenha os riscos baixos e os sonhos altos.

Abraço,

Mark

Leituras sugeridas:

– 11 oportunidades raras para lucrar com ações AGORA
– Três qualidades que você deve buscar em um sócio
– Entrevista: Renda fixa vai muito além de título público, diz diretor da Easynvest 

Conteúdo relacionado