Prepare-se

Conversando com quem está começando esse movimento nos EUA, descobrimos que security tokens é uma bandeira bem forte por lá e que está atraindo grandes investidores para o ecossistema de criptoativos.

Compartilhe:
Prepare-se

Ontem eu e o Vinícius participamos de um evento sobre security tokens. A ideia por trás desse tipo de token é a digitalização dentro do blockchain de um valor mobiliário, como por exemplo, uma ação ou cota de um fundo.

Conversando com quem está começando esse movimento nos EUA, descobrimos que essa é uma bandeira bem forte por lá e que está atraindo grandes investidores para o ecossistema de criptoativos.

Juntando isso com o fato de que a SEC caminha a passos largos para uma decisão sobre alguns dos utility tokens serem classificados como security, nós entendemos que o mercado institucional só aumenta seu apetite para entrar na dança.

Por isso, os atuais 400 bilhões de dólares de market cap do mercado não são nada se comparados ao potencial de trilhões, caso tal regulamentação da SEC aconteça.

As empresas do mercado financeiro começaram a perceber essa movimentação e estão se preparando para o momento em que investidores com alguns bilhões possam fazer parte desse ecossistema.

Adena Friedman, CEO da Nasdaq, declarou que estão abertos a ser uma plataforma de trading de criptomoedas como o bitcoin.

Na Alemanha, o VPE Bank fez parceria com uma FinTech local, a solarisBank, para oferecer uma estrutura de trading aos investidores institucionais, conhecidos, no mercado de cripto, como baleias.

O fundo de VC da família Rockefeller, o Venrock, não quer ficar de fora e pretende investir em startups que trabalhem com blockchain e criptoativos. Eles também não veem problema em investir em ICOs ou criptoativos diretamente.

Uma coisa é fato, o big money está de olho nas criptos faz algum tempo e se prepara para entrar de alguma forma. Cada um com a sua estratégia e tese de investimento, é claro, mas todos querendo fazer parte.

Ninguém consegue ignorar a relevância que esse novo paradigma trouxe a ainda vai trazer para o mundo.

Visto isso, a partir de uma análise criteriosa, nós encontramos um ativo que pode se valorizar mais que o bitcoin no ano de 2018.

Pode parecer muito ambicioso da nossa parte cravar um ativo apenas, mas sabemos que esses movimentos dos grandes players rumo ao mercado de criptoativos favorecerá todo o ecossistema.

No entanto, esse ativo vai se beneficiar exponencialmente, se destacando dos demais.

Top 3 highlights do criptomercado

De 400 bilhões para 40 trilhões de dólares. Saiba mais aqui.

Vitalik e os seus hormônios. Saiba mais aqui.

Malta, o novo paraíso da criptoeconomia. Saiba mais aqui.