Vai ficar para daqui a pouco

Parei tudo o que eu estava fazendo para ler o comunicado oficial da SEC. A comissão pediu mais 45 dias para analisar a proposta de criação de ETF pela CBOE.

Compartilhe:
Vai ficar para daqui a pouco

Tem muita gente por aí que ainda acha que cripto significa apenas “bitcoin” ou “moeda”. Mas isso, na verdade, é um equívoco.

Há muitos outros casos de uso para criptoativos além de moedas. Um deles é para a tokenização de ativos tradicionais…

Tive que parar bem aí enquanto escrevia o texto que seria a newsletter de hoje.

Eu preparava essas linhas para falar sobre um bate-papo muito interessante sobre security tokens que tive ontem. Foi quando veio a notícia:

Fonte: CriptoBuzz

Parei tudo o que eu estava fazendo para ler o comunicado oficial da SEC. A comissão pediu mais 45 dias para analisar a proposta de criação de ETF pela CBOE.

Com isso, a decisão sobre a aprovação – ou não – ficará para 30 de setembro.

Para quem lê nossas publicações nas séries Empiricus Crypto Alert e Exponentials Coins, isso não é novidade.

Dedicamos os conteúdos da semana passada e desta semana para falar justamente sobre esse mesmo tema.

Inclusive, alertamos sobre o fato de que, apesar de estarmos confiantes que um ETF de bitcoin será aprovado em um futuro não muito distante, parecia mais provável que a SEC adiasse a decisão em vez de dar um veredito agora em agosto.

Faz pouco mais de um mês, apenas, que a proposta da CBOE foi submetida e o texto do pedido de mudança de regra (que permitiria a criação do ETF) recebeu mais de 1.300 comentários do público em geral.

Era natural que a SEC, podendo pedir mais tempo – o órgão tinha 45 dias para se pronunciar, com o direito de estender o prazo por mais 45 – usaria tal recurso.

Não só isso, comentamos sobre como o mercado havia ficado eufórico com o pedido da CBOE quando foi noticiado pela primeira vez, fazendo o preço do bitcoin reagir vigorosamente e, como era prudente montar uma estratégia de proteção do portfólio, movendo parte dos fundos para uma moeda estável (USDT ou mesmo reais).

A estratégia funcionou perfeitamente para o momento em que a notícia começou a se espalhar pelo mercado, que viu o bitcoin cair com mais força.

Mas, sinceramente, o que passou já passou. Foco no que vai ainda acontecer.

É claro que, a depender do ânimo do mercado, os próximos dias podem trazer um pouco de alívio para os preços ou manter o processo de queda. Porém, olhando para a notícia e para os próximos seis a 12 meses, que é o nosso foco, há algo mais importante.

Falo da essência do comunicado da SEC e do que vislumbramos para os próximos meses.

Entendo que o mercado está olhando para o lado errado ao reagir negativamente ao adiamento da decisão sobre o ETF.

Vamos parar e pensar:

• O pedido não foi negado;

• Pelo contrário, houve apenas a solicitação de mais tempo para análise;

• A SEC afirma que quer se debruçar mais no caso e avaliar os comentários gerados sobre o assunto.

Para mim, isso é uma notícia positiva. Levando em conta a negativa que foi dada à proposta dos irmãos Winklevoss no mês passado, a comissão americana poderia ter rejeitado a proposta da CBOE de cara. E fim de papo.

Mas não foi o que aconteceu. Isso me leva a crer que, mesmo que a resposta final seja negativa, há chances reais de aprovação em setembro.

Não falo apenas pelo teor do comunicado da SEC, mas também pelo fato de que o anúncio recente da Intercontinental Exchange (ICE), sobre o qual falei na segunda, se refere a uma plataforma que ajudará na criação de um mercado relevante de bitcoin, um dos pontos requeridos pela SEC para aprovação do ETF.

E mesmo que o dia 30 de setembro traga notícias não animadoras, cada vez mais, fica claro que o ETF sairá. É uma questão de tempo e adequação regulatória do ecossistema. Pode não acontecer tão rápido quanto o mercado, ansioso, espera, mas acontecerá.

Por isso, reforço pela milésima vez: se você está para jogar o mesmo jogo que eu, o longo, os elementos para um futuro promissor do mercado de cripto estão se reunindo.

Sei que é difícil ignorar o curto prazo (minhas unhas roídas e as olheiras não me deixam mentir), mas tente se concentrar no que viemos, realmente, buscar aqui. Serenidade no olho do furacão, como dizia um amigo meu. Os fundamentos permanecem.

Antes de encerrar, dois recados:

1. O bate-papo sobre o qual eu falaria no início desta newsletter foi MUITO legal. Eu trouxe até a Empiricus um amigo do mercado cripto que está profundamente envolvido com o movimento de security tokens, os criptoativos que se caracterizam como valores mobiliários.

Nossos assinantes, terão, em breve, acesso à entrevista na íntegra. Vale a pena assistir! Os security tokens, muito possivelmente, serão responsáveis por um ciclo trilionário de entrada de capital no mercado cripto;

2. Estamos fazendo ajustes e melhorias no site de cotações que criamos, o InCripto. Veja como ele ficou. Ele não só traz para você os preços de mais de 500 ativos digitais, como mostra a cotação média do bitcoin no Brasil e o spread em relação à cotação internacional. Certamente, um site para deixar nos favoritos. E, claro, muito mais coisas virão por aí.