Eles precisam se decidir

A conclusão é quase óbvia para mim, as palavras dos homens da Berkshire não foram criadas para se referir ao bitcoin, mas foram tomadas emprestadas das agências de classificação — vale salientar aqui que eles investem em uma dessas instituições.

Compartilhe:
Eles precisam se decidir

No dia anterior ao que produzo o Crypto Talks, eu separo alguns highlights do mercado para escrever e, então, decido qual o mais relevante para você logo pela manhã e coloco-o já nas primeiras linhas.

O maior deles está aqui.

E eu tinha prometido para mim mesmo não falar do Buffett, mas à medida que as frases de Warren Batman e Charlie Robin ecoam pelo universo de cripto, mais elas ficam anedóticas.

Acho que primeiro de tudo eles precisam entrar em consenso e saber se o bitcoin é veneno para rato ou b*sta. Depois, eles precisam classificar os outros 1.600 ativos que existem nesse novo padrão “b*sta-veneno”.

Até tenho uma ideia melhor, eles podem usar isso nas agências de classificação (Moody’s Corporation), que investem por meio da Berkshire Hathaway.

Mais o que seria sensacional mesmo era se o novo padrão b*sta-veneno estivesse presente na economia global antes da crise de 2008. Isso ajudaria tanto a Moody’s quanto a Fitch a conseguirem classificar mais adequadamente os títulos de dívida do subprime.

Ah! Acabei de me lembrar… Buffet e Charlie viveram esse última grande crise global iniciada nos Estados Unidos e compactuada por várias instituições financeiras globais.

E juntando os pontos, nesse momento, acho que tal padrão de classificação que eles inventaram não surgiu hoje, ele é oriundo da avaliação das agências pré-crise de 2008.

Aquelas mesmas que classificavam o empréstimo tomado por um cidadão americano médio desempregado, que provavelmente seria inadimplente, como sendo o de mais alto padrão.

Então, a conclusão é quase óbvia para mim, as palavras dos homens da Berkshire não foram criadas para se referir ao bitcoin, mas foram tomadas emprestadas das agências de classificação — vale salientar aqui que eles investem em uma dessas instituições.

E retomo as palavras do Mago de Omaha não para dizer que os criptoativos não têm risco. Eles têm.

A volatilidade é acompanhada por todos, dia após dia. Não existe classificação válida nesse mercado que faça o investidor confiar cegamente como existe nos investimentos tradicionais.

O bitcoin e os outros demais ativos são a verdade nua e crua. Como ela é e sem maquiagem ou avaliações enviesadas de agências de rating.

E você pode até não topar entrar no jogo hoje, mas vai amargar algum arrependimento no futuro.

Warren Batman e Charlie Robin já fizeram fortuna e têm que defender sua posição (e sua história), uma situação totalmente diferente da maioria das pessoas.

Seguir os conselhos deles sem uma análise crítica seria como seguir as orientações do homem mais rápido do mundo para correr 100 metros em menos de 10 segundos.

O que serve para ele, com certeza não servirá para você.

Top 3 highlights do criptomercado

Irã cada vez mais próximo da sua criptomoeda. Saiba mais.

Ethereum na sua: mais uma fase. Saiba mais.

O índice cripto bate à porta. Saiba mais.