Mutatis Mutandis

Nas duas últimas semanas realizamos algumas alterações na nossa equipe de editores-analistas. Entendo e lamento a frustração de alguns. Faremos de tudo para que esse sentimento negativo seja sobrepujado por um ótimo conteúdo e excelentes ideais de investimento.

Compartilhe:
Mutatis Mutandis

mutatis mutandis |mutátis mutândis|(locução latina, com significado de “mudando o que deve ser mudado”, de mutatus, -a, um, particípio passado de muto, -are, mudar + mutanda, -orum, as coisas que devem ser mudadas) – Dicionário Priberam

 

Talvez já seja do seu conhecimento, mas nas duas últimas semanas realizamos algumas alterações na nossa equipe de editores-analistas.

Os assinantes das respectivas publicações já foram devidamente informados.

Qualquer pessoa com experiência profissional entende que alterações no quadro de funcionários fazem parte da rotina de qualquer empresa, pelo menos no setor privado.

Em empresas de maior porte, então, processos de admissão e demissão são feitos diariamente. Os chamados indicadores de turnover são monitorados e comparados com benchmarks do setor. A administração dos recursos humanos é avaliada por conta desses indicadores, pois mudanças em excesso causam descontinuidades custosas.

A baixa taxa de turnover dos funcionários da Empiricus sempre foi um motivo de orgulho para mim. Uma equipe satisfeita e motivada é a base para o sucesso empresarial. Nesse sentido, fiquei muito contente quando li na “Exame” que a Empiricus havia sido eleita uma das 30 PMEs com os funcionários mais felizes no Brasil.

Obviamente, mesmo com baixa frequência, a demissão de funcionários aqui na Empiricus não é um evento extraordinário. Nossos assinantes não ficam sabendo desses assuntos internos do mesmo modo que eu não tomo conhecimento de mudanças em empresas das quais sou cliente. A exceção ocorre quando é substituída a pessoa que costuma nos atender. Aí, sim, notamos a mudança. Foi o que aconteceu recentemente aqui.

Demitimos três editores-analistas. Todos foram prontamente substituídos. Estou confiante de que os substitutos executarão com excelência a missão recebida. Peço que me cobrem caso isso não aconteça.

Vi um movimento, especialmente nas redes sociais, pedindo um pronunciamento oficial sobre o caso. Movimento esse iniciado e promovido pelas contas pessoais dos ex-funcionários cujos seguidores foram trazidos pela Empiricus. Acontece que a legislação trabalhista nos impede de comentar sobre casos individuais. Houve razões distintas para as demissões, mas tais motivos pertencem à relação privada entre empregador e empregado, e assim seguiremos.

Entendo e lamento a frustração de alguns, afinal, existia uma relação de confiança, promovida evidentemente por nós. Do nosso lado, faremos de tudo para que esse sentimento negativo seja sobrepujado por um ótimo conteúdo e excelentes ideais de investimento.

Na nossa busca incessante por novas visões, já anunciamos dois novos colaboradores.

A partir da semana que vem, teremos Alexandre Schwartsman contribuindo para as séries Tesouro Empiricus e Empiricus Renda Fixa. Caso você não saiba, o Alexandre foi diretor de Assuntos Internacionais do Banco Central e economista-chefe do banco Santander no Brasil.

Schwartsman tem o nosso DNA. Foi demitido do Santander por discordar publicamente da política de preços da Petrobras durante o primeiro governo Dilma. Tem ideias e voz independentes.

Luiz Alves Paes de Barros, um dos maiores investidores de ações do Brasil e hoje à frente da bela gestora Alaska, ao lado de Henrique Bredda e Ney Miyamoto, contribuirá com ideias e análises em relatórios adicionais dentro da série As Melhores Ações da Bolsa.

Estamos definindo exatamente o formato e em breve anunciaremos os detalhes. É simplesmente uma honra poder contar com as análises e a visão desta lenda vida do mercado de capitais brasileiro.

Também a partir da próxima semana a série Palavra do Estrategista trará conteúdos exclusivos de Marcos Troyjo, diretor do BRICLab da Universidade Columbia. Paradoxalmente, as potenciais ameaças aos nossos mercados estão lá fora e nada melhor do que alguém com acesso ao fluxo de informações que o Marcos tem para nos ajudar a entender esse cenário.

Haverá mais novidades fenomenais, que anunciaremos nos próximos dias.

Novos colaboradores, novos editores, novas ideias.

Estamos prontos e ávidos por novos desafios.

P.S.: Hoje estamos fechando as inscrições no Programa de Riqueza Permanente, do Rodolfo. Não perca!