A nova previdência e o seu futuro financeiro

Nesta semana deixo de lado o show business dos programas de TV americanos de investimento e volto aos nossos tristes trópicos para tratar do grande […]

A nova previdência e o seu futuro financeiro

Nesta semana deixo de lado o show business dos programas de TV americanos de investimento e volto aos nossos tristes trópicos para tratar do grande tema que está posto à nação: a reforma da Previdência.

A última vez em abordei o tema neste espaço foi na edição de 23 de fevereiro, intitulada “Apoiamos a reforma da Previdência”. Confesso que fiquei surpreso com a “tomatada” virtual sofrida. O texto foi o mais mal avaliado desde que assumi a autoria desta newsletter, em março de 2017. Ao fim do texto, cerca de 45 por cento dos leitores não gostaram da publicação, um péssimo índice quando comparado com minha média de menos de 15 por cento de dislikes.

Apesar disso, sigo em frente. A missão de opinar está acima da vontade de agradar, e você que acompanha a Empiricus sabe bem disso.

Antes de mais nada, reforço a afirmação feita na minha criticada newsletter, apenas ajustando a comunicação para estar mais em linha com os argumentos da equipe do ministro Paulo Guedes.

Empiricus apoia a Nova Previdência e a considera fundamental para o restabelecimento de um controle racional das finanças públicas.

Permanecendo o sistema atual, causador de enormes desequilíbrios fiscais e promotor de distorções e privilégios, colocamos em risco a viabilidade não só do país, mas também o nosso próprio futuro e o de nossas famílias.

 

Leitura recomendada

Luciana Seabra mostra como lucrou (e ajudou os leitores a lucrarem) muito com ações sem precisar comprar ações. Ela ensina os assinantes da sua séria a investirem da mesma forma que os maiores investidores profissionais do mercado financeiro. E tudo depende de uma simples atitude, que pode te mostrar esse novo mundo de rentabilidade em menos de 24 horas. Veja aqui o recado que ela gravou.
 

A história é pródiga em exemplos de países que não fizeram o dever de casa e cuja bancarrota causou o sofrimento de milhões.

Nesta semana, o FMI divulgou um relatório projetando que a dívida pública bruta do Brasil deve continuar sua trajetória ascendente para os próximos anos, podendo atingir o equivalente a quase 100 por cento do PIB até 2023.

Ou seja, a situação é gravíssima e pede realmente a adoção de medidas corajosas. A Nova Previdência é condição necessária, apesar de não ser suficiente, para endereçar o caso.

Na semana passada, tive a oportunidade de conhecer o Secretário Especial de Previdência Social, Rogério Marinho. Confesso que fiquei bastante impressionado com ele e muito animado com suas ideais.

Marinho é um daqueles raros exemplos de políticos com altíssima qualificação técnica. Tem vasto conhecimento sobre diversos aspectos da gestão pública e trata com embasamento temas que vão da educação (um tremendo desafio para o Brasil) à economia.

O ex-deputado, que foi o relator da importante reforma trabalhista implementada pelo governo Michel Temer, me explicou o plano virtuoso que a equipe do ministro Paulo Guedes traçou para o Brasil.

A Nova Previdência é apenas a primeira de uma série de reformas que têm tudo para transformar o país numa verdadeira economia de mercado. Se isso acontecer, nossos filhos herdarão um país melhor, com mais possibilidades para as pessoas prosperarem.

Empiricus seguirá apoiando a Nova Previdência nos seus conteúdos editoriais. No Grupo Acta, a Inversa Publicações e O Antagonista também manifestaram sua vontade de que a reforma da Previdência apresentada pelo governo seja aprovada em sua integralidade.

Analogamente ao que fizemos em 2014, quando usamos a metáfora do Fim do Brasil para alertar as pessoas para o que viria a ser a maior crise econômica de nossa história, mobilizaremos nossos canais de comunicação nas próximas semanas e meses para defender abertamente a aprovação da Nova Previdência.

Um abraço!

P.S.: Já pensou em possuir uma parcela do seu patrimônio investida em dólar? E que tal fazer isso investindo nas maiores e melhores empresas do planeta? Para ficar por dentro e aprender a desbravar o pujante universo de Wall Street, é só clicar aqui.

P.S.2: Hoje quero te convidar para conhecer a nova série da Inversa, Rota 501. O André Zara está propondo um novo caminho que pode beneficiar os investidores leigos. Cadastre-se aqui para assistir gratuitamente.


Você está perdendo uma chance de ganhar dinheiro

Quer saber, em primeira mão, quais são as melhores oportunidades de investimento do momento? Libere aqui para receber as nossas notificações e não perca nenhuma chance.