Pare de me ler e leia estes vagabundos

Sou um homem de poucas palavras, devo admitir.

Compartilhe:
Enviar link para o meu e-mail
Pare de me ler e leia estes vagabundos

Sou um homem de poucas palavras, devo admitir.

Ou talvez não admita, para economizá-las.

Mesmo nos textos, procuro poupar caracteres. A rigor, guardo meu excedente de letras visando a investi-lo em minhas próximas newsletters.

A Empiricus me fez entender: letras rendem mais do que números.

Então lembrei dos tempos de escola.

“Se você pode expressar uma mesma ideia de forma simples ou complexa, prefira a forma simples” – dizia uma professora minha.

Ainda acho que ela realmente queria dizer algo como: “se você pode expressar uma mesma ideia de forma simples ou complexa, essa é uma merda de ideia. As ideias realmente boas só aceitam ser comunicadas de forma simples”.

Diariamente, eu chego ao escritório às oito e fico esperando até umas nove e meia, quando sai o Day One do Felipe.

Bem, não é que eu fique aqui esperando. Vou fazendo outras coisas. Quando chega nove e meia, eu paro de fazer outras coisas e abro o Day One.

É a newsletter mais lida do mercado.

Veja, eu não precisaria ler o Felipe. Converso com ele todo santo dia. Posso prever com acurácia qual é a opinião dele sobre o x-caboclinho, mesmo que nunca tenhamos falado especificamente sobre x-caboclinhos.

Então por que leio o Day One?

Está gostando desse artigo?Insira seu e-mail e comece já a receber nossos conteúdos gratuitos

Porque é legal. O texto é bom e tem ideias boas, vagabundas. É mais do que posso dizer sobre 99 por cento das coisas angelicais e perfeitas que surgem diariamente na minha caixa de entrada.

Neste meu 1 por cento vagabundo, sou também viciado no Ivan Sant’Anna, da Inversa.

Se você investe ou lê por obrigação, pode até passar sem conhecer o Ivan.

Já se você gosta de ler e gosta de investir, então sinta-se automaticamente obrigado a acompanhar a newsletter do Ivan, intitulada “Os Mercadores da Noite”.

É tão simples quanto isso que já foi.

Até a próxima!
Rodolfo Amstalden

Conteúdo recomendado