Seu melhor atalho para comprar uma ação não tem PH nem PHD

Compartilhe:
Enviar link para o meu e-mail
Seu melhor atalho para comprar uma ação não tem PH nem PHD

Ouço por aí que não existem atalhos para se ficar rico.

Na verdade, é praticamente o oposto: só existem atalhos para enriquecer.

Não há como ter uma ideia decente de investimento seguindo um caminho longo e tortuoso, do início ao fim, desprovido de atalhos.

Toda boa recomendação financeira depende daquilo que chamamos de “heurística”: um atalho mental.

Isso é fácil de aceitar se você compra um tomate apalpando e avaliando seu tom avermelhado.

Já se você vai ao mercado disposto a medir o Ph do tomate antes de colocá-lo na cesta, atalhos não lhe servem, e sua vida é muito mais difícil.

Isso dito, eis o melhor atalho que eu conheço para se comprar uma ação, mesmo sem ser PhD em Finanças (o que só atrapalharia).

Aprendi essa heurística com minha esposa, numa conversa necessariamente informal, enquanto indagava se ela seria acionista do McDonald’s.

Suponha que você é uma celebridade e que recebe uma proposta tentadora para fazer propaganda de determinada empresa.

O contrato está posto à sua mesa, pronto para ser assinado, em troca da bagatela de alguns milhões de reais.

Você topa?

Está gostando desse artigo?Insira seu e-mail e comece já a receber nossos conteúdos gratuitos

Você se sentiria confortável – e até mesmo feliz – de vincular sua reputação à imagem e aos valores desta empresa?

Sim? Faria com gosto? Então cogite comprar a ação da tal empresa.

Não? De forma alguma? Teria vergonha de si mesmo? Então mantenha distância, mesmo que a ação esteja barata.

Pegamos atalhos porque eles são práticos, mas sobretudo porque eles nos levam, quase sempre, aonde queremos chegar.

Até a próxima!

 

Conteúdo recomendado